Notícias

Férias (quase) pós-covid: novo paradigma, os problemas de sempre

O tempo "pós-covid" ainda não chegou, mas, ao fim de dois anos, estas são as primeiras férias de verão livres de muitas das restrições com que vivemos. O que mudou e o que, por mais que a covid faça parar o mundo, nunca muda? Debate em mais um episódio do podcast POD Pensar, moderado por Aurélio Gomes.

01 julho 2022
como planear as férias

Dois longos anos de pandemia praticamente nos isolaram do mundo, sobretudo em épocas festivas e de férias; sobretudo durante o rei-verão. O tempo "pós-covid" ainda não chegou – e não está ainda, de todo, marcado no calendário quando veremos finalmente esse dia chegar –, mas, ao fim de dois anos, estas são as primeiras férias de sol e de mar livres de muitas das restrições com que vivemos até agora. Temos luz verde para viajar e quase não precisamos de usar máscara. Há quem insista em chamar-lhe “normalidade”, mas todos sabemos que é impossível voltar a 2019.

O que mudou então? Como planear as férias este ano? Quais são os conselhos obrigatórios? Já podemos ir para onde quisermos? É preciso certificado covid? Máscara? O planeta tem à volta de 200 países, a pandemia é global, cada país terá as suas regras. Como é que nos orientamos? Os atrasos nos voos e os voos cancelados são a maior dor de cabeça?

E que novo paradigma do turismo nasceu da, e por causa, da pandemia?

Foi o que Aurélio Gomes perguntou, em mais um episódio do podcast POD Pensar, a Susana Romana, guionista, voz e humor inteligente logo pela manhã, na M80, e viajante tarimbada, a Sónia Covita, coordenadora do departamento jurídico e económico da DECO PROTESTE, e a Luís Araujo, presidente do Turismo de Portugal. 

 

 

As (preciosas) dicas de Susana Romana para organizar as férias

Nada fica por pensar ou planear. Susana Romana, que viaja sempre em família, com o marido e o filho de quase cinco anos, tem genuíno prazer em preparar as férias. Não se limita à primeira busca e reserva de voo ou de alojamento na internet. Pesquisa, lê, procura várias fontes de informação, "aconselha-se" com as reviews de outros viajantes, e conhece eventualmente como poucos os melhores truques para conseguir viagens e alojamento aos melhores preços e nas melhores localizações. Que os há, esses truques (e segredos), e Susana partilhou-os neste episódio do POD Pensar. 

Ainda a covid: conselhos para viajar e ficar alojado este verão

Sónia Covita deu uma verdadeira aula prática sobre viajar e ficar alojado nestas primeiras férias (quase) pós-covid. Dúvidas dos consumidores? Muitas. Ainda há restrições ao tráfego aéreo? Pode-se viajar sem máscara? É necessário apresentar certificado de vacinação? Vale a pena fazer um seguro de viagem? A que tem direito o consumidor se a companhia de aviação lhe perder as malas?

A responsável do departamento jurídico e económico da DECO PROTESTE a tudo tentou dar resposta, mas, se lhe sobrar alguma dúvida ou inquietação, visite a página de conteúdos e conselhos que preparámos para ajudar os consumidores a prepararem as férias este ano em segurança.

Guia para umas férias bem planeadas e em segurança

Turismo sustentável: o novo paradigma

Para Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, não é possível voltar a 2019. O paradigma do turismo mudou. "Solidariedade" e "responsabilidade" são as palavras do "novo" turista. O turista solidário, que exige e que contribui de forma positiva para a melhoria dos serviços, dos produtos e dos equipamentos, apela o responsável.

A mudança de paradigma quer-se profunda. Luís Araújo defende menos turismo sazonal e mais turismo durante o ano inteiro, em todo o território. Defende também mais diversidade: turismo literário, enoturismo, cycling e walking, caminhos de Fátima, caminhos de Santiago, arte contemporânea, arquitetura, turismo industrial.

Quanto ao que aconselha aos portugueses sobre planos de férias para este ano, não há dúvidas: "Ir para fora cá dentro. Temos um mundo num só país."

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.