Notícias

O pó de talco causa cancro no ovário?

Não há evidência de que o uso de pó de talco na área genital aumenta o risco de cancro no ovário. A idade e a predisposição genética são alguns dos fatores de risco.

pó de talco espanhado

iStock

O anúncio da Johnson & Johnson relativo ao fim da comercialização do seu pó de talco em 2023 veio relançar a dúvida: o pó de talco causa ou não cancro de ovário? A polémica remonta a 2018, quando a marca foi condenada a indemnizar, em 4 mil milhões de euros, 22 mulheres que se queixaram de ter desenvolvido cancro nos ovários por usarem pó de talco.

Algumas mulheres usam pó de talco na vulva (área genital externa) por questões de higiene, e esta prática tem sido associada ao cancro do ovário. Um estudo publicado em 2020, efetuado com 250 mil mulheres, mostra que o uso de pó de talco não aumenta o risco deste tipo de cancro, o que pode dar algumas garantias a quem o utiliza. As mulheres elegíveis para o estudo foram acompanhadas por uma média de 11,2 anos.

Risco de cancro do ovário "insignificante"

Os resultados mostraram que não havia diferenças estatisticamente significativas de risco de cancro do ovário entre as mulheres que usavam e as que não usavam pó de talco na área genital. Os investigadores referem que não podem descartar um aumento muito pequeno do risco, mas que será insignificante porque não chegou a aparecer no estudo. A diferença é pequena o suficiente para que o cancro pudesse surgir por outras razões e não devido ao uso de pó de talco.

Os números foram semelhantes quando os investigadores compararam mulheres que usavam talco semanalmente ou o usavam há mais de 20 anos.

Os principais fatores de risco para o cancro do ovário são a idade (a incidência aumenta com a idade, ocorrendo a maioria dos casos após a menopausa), a predisposição genética e os fatores reprodutivos e endócrinos, como nuliparidade (nunca ter dado à luz) ou condições que afetem o útero, como a endometriose. Outros fatores de risco podem incluir excesso de peso ou obesidade e tabagismo.

Quais os sintomas do cancro do ovário?

A sintomatologia do cancro do ovário não é específica ou é mesmo ausente numa fase inicial. Nessa altura, o seu diagnóstico ocorre, habitualmente, aquando da realização de um exame ginecológico de rotina ou na investigação clínica e/ou radiológica de uma dor pélvica. Os sintomas surgem de forma inespecífica, seja sob a forma de sintomas do foro gastrointestinal, tais como náuseas, enfartamento, diarreia/obstipação, etc., seja como sintomas do foro urológico, como polaquiúria (frequência urinária aumentada) e urgência miccional. Não menos frequentemente, surgem sintomas como sensação de peso e/ou dor pélvica. Sangramentos fora do período menstrual (metrorragias) e alterações do ciclo menstrual também podem ocorrer.

Como posso substituir o pó de talco?

Não é necessário usar pó de talco ou outro produto na vulva por razões de higiene. O uso de produtos perfumados pode causar irritação na pele sensível. Lavar a zona com água é suficiente.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.