Dicas

Poupar no supermercado sem gastos desnecessários

Os gastos com a alimentação pesam cada vez mais no orçamento dos consumidores. Saiba como evitar despesas desnecessárias e reduzir a fatura do supermercado.

23 março 2022
consumidor a analisar fatura do supermercado

iStock

Abastecer a despensa com bens alimentares está mais caro desde o final de 2021. Se a pandemia de covid-19 já tinha sido desastrosa para a economia, a seca que o País agora atravessa e a guerra na Ucrânia vieram aumentar ainda mais a pressão sobre o setor agroalimentar e a restante cadeia de abastecimento.

Com o orçamento dos consumidores portugueses cada vez mais curto e os preços dos bens alimentares essenciais cada vez mais altos, saiba como evitar gastos desnecessários e encurtar a conta do supermercado.

Ver qual o supermercado mais barato

  • Fazer uma lista de compras é a melhor forma de evitar despesas adicionais. Pense nas refeições que vai preparar durante a semana e resista às compras por impulso. Traga apenas o que realmente necessita. A aquisição de bens essenciais em quantidades superiores às necessidades de abastecimento (açambarcamento do adquirente) é um crime punível com pena de prisão até seis meses ou multa de 50 a 100 dias.
  • No supermercado, compare os preços por unidade (quilo, litro ou unidade). Olhe além dos produtos que estão ao nível dos olhos, onde frequentemente são colocados os produtos que os retalhistas têm mais interesse em vender.
  • Consulte os folhetos para saber quais as promoções da semana.
  • Pesquise os supermercados mais baratos para comparar o índice diário das várias cadeias de distribuição para o mesmo cabaz de produtos.
  • O leite e os cereais são produtos que frequentemente se encontram em promoção. Veja os prazos de validade e, se forem longos, pode trazer mais de uma unidade para aproveitar a promoção e guardar. Evite, contudo, comprar mais do que necessita.
  • No que à alimentação diz respeito, as marcas próprias permitem alguma poupança, em alguns casos até 30%, sem comprometer a qualidade.
  • Olhe para o que tem na despensa e verifique os prazos de validade para evitar desperdício alimentar. Ao arrumar a despensa, coloque os prazos mais curtos à frente. Deve fazer o mesmo ao arrumar o frigorífico.
  • O comércio tradicional é uma boa opção para comprar frescos, já que é possível encontrar produtos mais baratos. Além disso, têm uma boa oferta de produtos nacionais e, regra geral, ficam mais perto de casa, o que pode ser uma ajuda para reduzir também a despesa com combustíveis.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.