Notícias

IRS: declaração automática permite reembolso em 15 dias

10 janeiro 2018
IRS: declaração automática permite reembolso em 15 dias

10 janeiro 2018
As famílias com dependentes passam a estar abrangidas pelo IRS automático na entrega deste ano. Se for o seu caso e aceitar a declaração, pode ser reembolsado mais cedo.

Os contribuintes com rendimentos exclusivos de trabalho dependente (categoria A) ou de pensões (categoria H), sem benefícios fiscais (à exceção de donativos) ou pensões de alimentos podem adotar a entrega automática da declaração de IRS. Este ano, as famílias com dependentes, nas condições descritas, também podem optar pelo IRS automático. Para confirmar se está abrangido, a partir de abril, consulte o Portal das Finanças. Faça o login com a sua senha de identificação e entre em "A minha área" e em "IRS". 

Como confirmar se os valores estão corretos?

É ao contribuinte que cabe confirmar todos os dados propostos pelo Fisco para o preenchimento da sua declaração, comparando com as declarações recebidas e com os valores indicados no portal e-fatura.

Cada um destes valores surgirá devidamente identificado.

IRS: declaração automática permite reembolso em 15 dias

Compare os valores das despesas com aqueles que lhe aparecem no portal e-fatura.
 

Como consignar parte do imposto?

Antes de submeter a declaração automática, pode consignar 0,5% do IRS que o Estado deveria receber e que passa a ser remetido para a instituição por si indicada. Não perde dinheiro com isso.

No mesmo ecrã, pode também aceitar consignar 15% do IVA, mas, neste caso, já estará a abdicar do benefício que o Fisco lhe concede.

IRS: declaração automática permite reembolso em 15 dias

 A consignação do IRS não implica perder dinheiro
 

Como submeter a declaração?

Se concordar com os valores propostos pelo Fisco, pode submeter a declaração, clicando no botão “Confirmar”. Guardar o comprovativo.

 

IRS: declaração automática permite reembolso em 15 dias 
Clique em "Confirmar" para aceitar a proposta das Finanças

 

E se não concordar com os valores do IRS automático?

Nesse caso, não confirme a declaração automática. Tem até 31 de maio para submeter uma nova declaração de IRS, preenchendo os anexos necessários com os novos valores.

Se não confirmar a declaração automática e nada entregar?

Se nada fizer até ao final do prazo de entrega (31 de maio), o Fisco vai considerar a declaração automática como aceite e submetida precisamente no último dia.

Quando recebo o IRS?

O Governo comprometeu-se a reembolsar os contribuintes (se tiverem dinheiro a receber) abrangidos pela declaração automática no prazo de 15 dias após o envio dessa declaração. No caso das pessoas que nada fizeram até 31 de maio, será essa a data que o Fisco considera como a de entrega.