Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos. A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização. Ao utilizar o nosso website você aceita desta Política e consentimento para o uso de cookies. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações em aqui.

Universo DECO:

Personalidades

Manuel Ataíde Ferreira

Advogado, fundador da DECO e Presidente da Direção entre 1975 e 1999, foi igualmente sócio fundador da SEDES – Associação para o Desenvolvimento Socioeconómico e membro do CESE (Comité Económico e Social Europeu) entre 1986 e 2000, em representação dos consumidores. 


Manuel Ataíde Ferreira foi um Homem de valores e princípios, lutador pela Liberdade e pela Justiça, tendo sido agraciado, em 2004, pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio, com o Grau de Comendador da Ordem da Liberdade, que decidiu entregar à guarda da DECO num gesto de grande desprendimento e nobreza, como foi de resto a forma como sempre encarou a vida. 


Enquanto Presidente da DECO, soube ter a visão e a capacidade para a projetar e transformar na grande organização de Defesa dos Consumidores que é hoje. A 17 de março de 2016, uma data escolhida por estar próxima do Dia do Consumidor, celebrado a 15 de março, foi lançado na sede da DECO, o livro Estudos de Direito do Consumo, que é o primeiro volume de uma “homenagem escrita em duas partes” a Manuel Ataíde Ferreira.  


O leque de autores que assinam o volume inclui, entre outros, vários académicos da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa. Conta, também, com a coordenação de nomes fortemente ligados à DECO, como Jorge Morgado e Maria Cristina Portugal. O segundo livro desta edição especial reunirá uma biografia detalhada, com aspetos menos conhecidos acerca da vida de Manuel Ataíde Ferreira, bem como alguns textos selecionados.


Jorge Morgado

Entrevistámos Jorge Morgado, conversador inveterado, todas as frases parecem chegar a um tema incontornável: a defesa do consumidor. Com 64 anos, Jorge Morgado vai sair de cena para uma outra etapa da sua vida e deixar de ser a voz que sempre ouvimos a sintetizar e a fundamentar as lutas pelos direitos dos consumidores. Mas vai, assegura, continuar deste lado da barricada. “Não vou desaparecer”, esclareceu numa conversa em que nos revelou um pouco do que é, do que pensa e do que vai fazer a partir de setembro.

Conheça o Secretário-Geral da DECO desde 1991 AQUI