Dicas

Máquina de lavar e secar roupa: vale a pena só um equipamento?

Início

Duas máquinas para lavar e secar ou um combinado de ambas as funções num só aparelho? Ambas as opções têm prós e contras. Saiba quais e faça as contas às suas necessidades.

28 setembro 2022
Máquina de Lavar e Secar Roupa: é melhor ter dois aparelhos ou só um?

iStock

Os preços da água e da energia estão a subir, já se sabe. Neste cenário, há que procurar os aparelhos que combinem o melhor desempenho com os custos mais vantajosos, tanto na compra, como na utilização. Serão as máquinas de lavar e secar uma boa opção? Pode ser que sim, mas também pode ser que não. A decisão tem de ser avaliada caso a caso. E é preciso ponderar todas as variáveis. A DECO PROTESTE não só testou modelos 2-em-1, como também comparou os preços de compra e os consumos desta solução com os de dois aparelhos em separado.

Prós e contras, uma ajuda para escolher

Não é preciso grande matemática para perceber que, na hora de comprar, duas máquinas ficam mais caras do que uma. Se tivermos em conta a média dos preços dos modelos testados, o duo para lavar e secar custa, resvés, 1100 euros, enquanto a versão 2-em-1 não chega aos 590 euros. Esta é uma vantagem não negligenciável, a que se soma a economia de espaço. Um só aparelho é mais facilmente acomodável num local pequeno. E, se o marcador soma já dois-zero para as máquinas de lavar e secar, também não é o desempenho que vai virar o jogo. Os testes da DECO PROTESTE mostram que existem modelos que atingem bons resultados tanto nas opções 1 + 1, quanto nas 2-em-1.

Mas a partida ainda não terminou. Os testes incluem a medição dos consumos de água e eletricidade, sendo aqui que a dupla para lavar e secar começa a introduzir dúvidas na decisão. Quando comparados os gastos para lavar e secar em duas máquinas com os registados pelos aparelhos 2-em-1, a matemática tropeça. Em média, uma só máquina gasta mais do que duas, e uma das razões pode até parecer contraintuitiva: ao contrário das máquinas de secar convencionais, que recorrem a um depósito, estes aparelhos utilizam água para secar a roupa. Ou seja, a humidade extraída das peças é condensada com recurso a água fria.

Vamos a números. Em termos de eletricidade, estamos a falar, em média, de um consumo de 0,7 kWh por cada quilo de roupa lavado e seco, contra 0,4 kWh optando por duas máquinas. Isto tendo em conta as médias dos aparelhos testados e publicados nos nossos comparadores.

Se os gastos de eletricidade podem ser mais difíceis de imaginar, é quando pomos lado a lado as exigências de água que temos uma ideia das distâncias entre ambas as soluções. Um quilo de roupa lavado e seco na máquina faz-tudo emprega 22 litros de água, enquanto nos dois aparelhos alternativos o número cai para quase metade, fixando-se nos 13 litros. Neste caso, a máquina de secar não precisa de água, só a de lavar.

Quer uma ideia ainda mais apurada, tendo em conta as diferenças entre os tipos de tecidos? Fizemos as contas ao consumo associado a uma carga de peças de algodão, lavadas a 40ºC e secas numa máquina 2-em-1, e chegámos a valores médios de 4 kWh de eletricidade e de 114 litros de água. Uma carga de peças em sintéticos sai mais barata: uma média de 2 kWh e de 82 litros para os mesmos 40ºC a lavar.

Agora, é multiplicar os valores apurados pelo número de ciclos de algodão e sintéticos completados a cada semana e pelas 52 semanas do ano... Significa que, ano após ano, e sobretudo neste cenário de custos da água e da energia a subir, a vantagem de um preço de compra mais acessível tende a perder-se. A rapidez do processo depende da frequência do uso das máquinas e, claro, do comportamento dos preços da água e da eletricidade.

Ora, rapidez, ou falta dela, é outra palavra-chave no percurso que leva à decisão. Para as máquinas testadas, a duração média de um ciclo de lavagem e secagem aproxima-se bastante da hora e meia. Por sua vez, um ciclo de lavagem, combinado com outro de secagem, dura, também em termos médios, pouco menos de uma hora.

Neste momento, o jogo está já a pender para o lado das máquinas em separado. Mas não se precipite. De nada lhe servirá acertar as contas aos preços e aos consumos, se não tiver espaço para dois equipamentos. Na avaliação, há que considerar tanto a horizontal, como a vertical. Se não consegue instalar dois aparelhos lado a lado, verifique se tem como empilhar. No geral, a máquina de secar, mais leve, fica em cima, ambas seguras e estáveis graças a um kit de empilhamento. A instalação em altura é possível? Descubra nos comparadores da DECO PROTESTE as Escolhas Acertadas e os Melhores do Teste, tanto das máquinas de lavar, quanto das de secar roupa.

Nem na vertical é viável arrumar a lavandaria? Então, a decisão está tomada, e o nosso teste às máquinas 2-em-1 mais vendidas de oito marcas ajuda a escolher o modelo mais eficaz e, ao mesmo tempo, mais racional nos consumos.

Se pretende encastrar o aparelho numa bancada ou entre dois móveis, anote as dimensões dos modelos testados: a largura e a altura são quase sempre de 60 e 84 centímetros, respetivamente. A profundidade é mais variável, e isso pode introduzir um problema ao tentar harmonizar o equipamento e os móveis. Oscila entre os 54 e os 73 centímetros.

Todos os modelos centrifugam a 1400 rotações por minuto, têm aviso sonoro no final de cada ciclo e permitem bloquear o painel de comandos, para manter a curiosidade das crianças à distância. Também todos preveem a possibilidade de diferir o arranque dos ciclos, no geral, até 24 horas. Mas apenas metade inclui a útil função antivincos, que, por intermédio de vapor, deixa a roupa um pouco húmida e, assim, mais fácil de passar a ferro, permitindo poupar eletricidade na tarefa.

Ainda um aviso: tal como as máquinas de lavar clássicas, as 2-em-1 devem ser instaladas sobre um pavimento rígido, perfeitamente horizontal, junto a uma canalização para entrada da água, a uma segunda para saída de água e a uma tomada elétrica. Porque o escoamento está associado à canalização, o uso da máquina torna-se mais prático. Não é preciso despejar água à mão, como no caso das máquinas de secar com depósito, embora também já haja modelos destes que fazem o escoamento para o tubo de descarga.

Bom desempenho, consumos elevados e programas longos

Concentrar duas funções num aparelho envolve uma (pequena) vantagem adicional, que é poupar a trasladação da roupa entre dois aparelhos. Mas não é forçoso que uma máquina de lavar e secar desempenhe a segunda tarefa assim que termina a primeira. Por exemplo, no verão, quando o Sol substitui a chuva no horizonte, pode optar apenas pela lavagem, preferindo o estendal para rematar o serviço. Ou, se no inverno necessitar de lavar peças à mão, pode depois secá-las no aparelho. Quer isto dizer que os equipamentos testados dispõem de três tipos de funcionalidades – lavar, secar e lavar mais secar – e que estas podem ser usadas em separado. Ao recorrer ao combinado entre lavar e secar, tenha em atenção a quantidade de roupa. Na lavagem, estas máquinas anunciam uma capacidade que anda nos 8 a 9 quilos, enquanto, na secagem, o valor indicado cai para 5 a 6 quilos.

Os modelos analisados, no geral, alcançam bons resultados a lavar ou a secar e são, no mínimo, razoáveis a lavar e secar. Mas, para identificar as máquinas mais vantajosas, foi calculado ainda o custo anual de utilização, que, entre outros aspetos, inclui os consumos de água e eletricidade. Os gastos elevados acabam por penalizar a Qualidade Global.

Experimente a máquina 2-em-1 na loja

As máquinas de lavar e secar testadas acusaram outras duas fraquezas, que se deixam à atenção dos fabricantes. Primeiro, o ruído em funcionamento pode ser desagradável, e ainda mais na centrifugação. Segundo, a utilização é, as mais das vezes, apenas aceitável.

Para se precaver do último problema, se tiver a oportunidade, manipule a máquina na loja. Abra e feche a porta, para verificar a facilidade da operação e o sentido da abertura. Examine o diâmetro do óculo: quanto maior for, mais fácil será introduzir e retirar a roupa. Não se esqueça tão-pouco de pesquisar a existência de um bloqueio da porta, para evitar a interferência de crianças. Verifique se a gaveta do detergente exige manutenção especial. Tente igualmente perceber se a programação das funções e o uso dos seletores são acessíveis e intuitivos. E dê uma vista de olhos ao manual de instruções, para saber se é fácil de interpretar e prevê uma versão em português.

Faça uma manutenção cuidadosa em casa

À semelhança das congéneres tradicionais, as máquinas de lavar e secar exigem manutenção regular para conservarem o seu desempenho. Limpar de forma regular a gaveta do detergente, assegurar-se de que não ficam peças perdidas no tambor e limpar o tubo de evacuação uma ou duas vezes por ano são atenções que se impõem.

Se estas medidas não forem suficientes e o azar lhe bater à porta, mantenha a calma. Há problemas que se resolvem de forma simples. Por exemplo, se o aparelho não ligar no botão on-off, verifique se está bem conectado à tomada. No caso de ligar, mas não arrancar, veja se não terá abusado na quantidade de roupa no tambor. Retire algumas peças e volte a tentar, tendo o cuidado de verificar se a porta está bem fechada. Também pode dar-se o caso de o programa selecionado não permitir o arranque imediato. Nada disto funciona? Terá de chamar um técnico. Também deverá fazê-lo se a porta deixar de abrir ou fechar, o que pode ser sinal de um mecanismo defeituoso. Face a uma reparação impossível, há que substituir a porta. Na eventualidade de a máquina acusar falhas na secagem, talvez seja altura de mudar a resistência, algo que também deverá deixar para o técnico.

Pretende aposentar a máquina? Se ainda funcionar, opte por doar. Não sendo o caso, faça o encaminhamento para a reciclagem, seja através da loja onde comprar novo equipamento, seja contactando a recolha de monos da câmara municipal.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.