Dicas

Portátil ou fixo: qual o melhor sistema de ar condicionado?

Os sistemas de ar condicionado fixos são mais silenciosos e eficientes. Os portáteis são mais em conta e não requerem instalação. Saiba o que os distingue e qual o melhor para as suas necessidades.

aparelho de ar condicionado portátil

iStock

Existem dois tipos de sistemas de ar condicionado domésticos: os fixos (split) e os portáteis. Os primeiros possuem uma unidade exterior e uma ou mais unidades interiores, e têm de ser instalados por um técnico ou empresa credenciada para o manuseamento de gases fluorados. Os portáteis, por sua vez, têm apenas uma unidade, que deve ser ligada à eletricidade, e um tubo de evacuação que tem de ser colocado numa janela ou porta. Se está a pensar investir num aparelho de ar condicionado, mas não sabe que tipo de sistema escolher, explicamos as principais diferenças e os prós e contras de cada um deles.

Ar condicionado fixo

Um sistema de ar condicionado fixo (ou split) é composto por, pelo menos, duas unidades (uma exterior e, pelo menos, uma interior) conectadas por um sistema de tubos onde circula um fluido refrigerante. Este sistema pode ser mono-split, se tiver uma unidade interior ligada a uma unidade exterior, ou multi-split, se tiver várias unidades interiores conectadas a uma única unidade exterior.

Para arrefecer o ar, o evaporador transforma o fluido refrigerante em gás na unidade interna, absorvendo o ar quente. Quando este gás é comprimido e volta novamente ao estado líquido, liberta calor através da unidade exterior. Este processo repete-se até que o aparelho atinja a temperatura definida pelo utilizador. Os aparelhos de ar condicionado (bomba de calor reversível) além de arrefecerem, também aquecem o ar, invertendo este processo, e consomem menos eletricidade do que um radiador elétrico comum. 

Pontos fortes

  • Mais eficiente e silencioso do que um aparelho de ar condicionado portátil.
  • Pode ser usado para aquecer ou arrefecer as divisões.
  • Uma forma segura de climatizar a casa sem necessidade de deixar a janela aberta, uma vantagem face aos aparelhos portáteis, que precisam de passar um tubo de evacuação por uma janela.

Pontos fracos

  • Mais caro do que os aparelhos portáteis. O preço de um sistema split depende das características do aparelho e da linha de produto, mas varia entre 300 € e 2500 €.
  • Não se pode mover, por isso, só climatiza a divisão onde está instalado.
  • Precisa de ser instalado por um profissional credenciado. O custo de instalação pode variar entre 150 € e 250 €.
  • Se residir num condomínio e precisar de instalar a unidade exterior na fachada do edifício, verifique se a instalação é permitida no regulamento do condomínio ou se necessita de solicitar a aprovação da instalação em assembleia de condóminos.

 Ar condicionado portátil

Um aparelho de ar condicionado portátil funciona da mesma forma que um aparelho de ar condicionado fixo: o ar quente da divisão é absorvido, arrefecido e desumidificado e, em seguida, libertado. No entanto, o ar quente deve ser transferido: o aparelho retira o ar quente da divisão e liberta-o através de um tubo de evacuação extensível que, regra geral, é colocado numa janela. Estes aparelhos portáteis tendem a ser mais ruidosos do que a maioria dos sistemas split que têm a vantagem de ter a componente mais ruidosa, o compressor, situada no exterior da habitação.

Embora pareçam práticos e sejam vendidos como “portáteis”, a verdade é que estes aparelhos só podem ser utilizados em divisões onde haja uma abertura para o exterior e se possa colocar o tubo de evacuação para que o ar quente possa ser expelido. A necessidade de colocar o tubo de evacuação na janela põe em causa o conceito de portabilidade. A somar a tudo isto, estes são equipamentos que, na maioria dos casos, pesam mais de 30 quilos, por isso, são difíceis de manobrar mesmo com as rodas.

Quase todos os modelos possuem um adaptador extensível para fixar o tubo de evacuação na janela, bloqueando a sua abertura e impedindo o retorno do ar quente para o interior. Nos modelos sem este acessório, é necessário manter a janela aberta para passar a mangueira para o exterior, o que prejudica a eficiência do sistema e a manutenção de um ambiente fresco no interior.

Estes modelos possuem ainda um reservatório para recolher a água de condensação. A maioria dos modelos exibe um aviso quando é necessário esvaziar o reservatório e quando o nível máximo é atingido. Alguns têm uma mangueira de drenagem para evacuação contínua da água, mas essa mangueira também precisa de uma conexão com o exterior da casa.

Importa também referir que nem todos os modelos de ar condicionado portáteis possuem a função de aquecimento. Contudo, as desvantagens são semelhantes às experienciadas para o arrefecimento do ar: a necessidade de ter uma janela aberta para expelir o ar para o exterior torna-os pouco eficientes.

Pontos fortes

  • Mais barato do que os sistemas split, o preço dos aparelhos de ar condicionado portáteis varia entre 200 € e 2000 €.
  • Não precisa de ser instalado por um técnico e pode ser transportado para várias divisões.
  • Pode ser armazenado quando não estiver a ser utilizado.

Pontos fracos

  • Não é tão eficiente no arrefecimento do ar quanto os modelos split.
  • É preciso passar o tubo de evacuação por uma janela ou porta aberta, o que permitirá a entrada de ar do exterior para a divisão. Alguns modelos trazem um acessório para bloquear a entrada de ar para a habitação, mas este não pode ser usado em todos os tipos de janela.
  • São aparelhos pesados, por isso, nem toda a gente tem facilidade em transportá-los.
  • Por norma, são mais ruidosos do que os modelos fixos.

Fixo ou portátil: qual escolher?

Se vive numa casa arrendada e, por isso, não pode fazer obras, se tem falta de espaço, se precisa de ter ar condicionado em mais do que uma divisão ou não quer gastar muito dinheiro, um aparelho portátil pode ser uma boa opção. No entanto, estes são menos eficientes que os aparelhos split fixos e, por isso, só valerá a pena o investimento se o utilizar em divisões pequenas e não se importar com o ruído.

Ao escolher um aparelho portátil, opte por um com bom desempenho de refrigeração e uma ventoinha direcionável. Reserve entre 10 cm e 50 cm de espaço livre à volta do aparelho e não tape as grelhas de saída do ar. Verifique o tamanho do tubo de evacuação (pode variar entre 1,1 metros e 1,7 metros) antes de comprar o aparelho, caso não tenha espaço para instalá-lo junto a uma janela.

Se está mesmo decidido a investir, aconselhamo-lo a comprar o aparelho “fora de época”. Os preços tendem a ser mais competitivos e poderá encontrar campanhas promocionais e descontos vantajosos. Além disso, não se apresse a comprar o primeiro modelo que vir. Há muitos modelos com características diferentes que devem ser analisadas: potência (quanto mais elevada, maior será a capacidade de arrefecimento e de aquecimento); classe energética; e ruído. Contacte um profissional para ajudar a escolher a solução mais adequada às suas necessidades e consulte o comparador para conhecer os resultados dos nossos testes a modelos de ar condicionado mono-split.

Compare modelos de ar condicionado

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.