Notícias

Tarifários para jovens por menos de 12 euros por mês

Os preços das opções de tarifários com tráfego específico para apps começam nos 11,80 euros. Plafonds dedicados às aplicações mais populares entre os jovens estão limitados pelo volume de dados geral incluído no pacote.

  • Dossiê técnico
  • Sofia Costa
  • Texto
  • Alda Mota
04 janeiro 2021
  • Dossiê técnico
  • Sofia Costa
  • Texto
  • Alda Mota
rapariga a usar telemóvel com vários ícones referentes a likes e comentários em redes sociais sobre um fundo rosa

iStock

Ter menos de 25 anos e conseguir o máximo de megabytes no tarifário do telemóvel ou do tablet pelo mínimo possível está mais caro face a 2017, quando publicámos este estudo pela primeira vez. Se antes bastavam dez euros para ter acesso a um tarifário satisfatório para a maioria dos jovens, agora essa alternativa custa entre 11,80 e 21,68 euros. Pagar menos do que isso, só nas versões mais baratas das propostas da NOWO ou nos tarifários para crianças com uso mais restritivo (MEO Kids e NOS Kids). Em compensação, os plafonds gerais de dados estão um pouco mais altos, e ficaram disponíveis tarifários sem restrições de idade (Vodafone You e NOS Like).

SIMULE E DESCUBRA O TARIFÁRIO MAIS BARATO

As melhores opções nos tarifários para jovens

 Analisámos os planos de telecomunicações propostos pelos vários operadores tendo em conta dois perfis de utilizador – um com menos e outro com mais de 25 anos – com uma utilização comum do seu smartphone. Ambos usam apps de conversação (chat) e redes sociais como o Facebook, o Instagram, o TikTok, o Messenger, o Snapchat e o WhatsApp, mas também recorrem a populares aplicações de streaming e vídeo tais como a Netflix, a Amazon Prime Video, a HBO, a Vimeo, o YouTube e o Twitch.

Tarifários para jovens com menos de 25 anos

A melhor opção para jovens com menos de 25 anos é o tarifário WTF 1 GB, da NOS, se pagar ao mês e não à semana. Pagar à semana torna-se um pouco mais caro e custa o mesmo que nos outros operadores de telecomunicações. Por 11,80 por mês, responde às necessidades do utilizador mais novo, tendo em conta que aplicações de redes sociais, música (como Spotify ou Apple Music) e vídeo (YouTube e Netfix, por exemplo) estão incluídas e, por isso, não é necessário gastar mais dados móveis. Há, contudo, um limite de utilização de 15 GB para apps de comunicação (WhatsApp ou Messenger, por exemplo) e streaming de música (como o Spotify ou a Apple Music) e de 5 GB para as apps de vídeo (por exemplo, YouTube, Netflix, HBO ou Vimeo). Estes plafonds estão, além disso, limitados pelo plafond geral de dados. Ou seja, se o tráfego global de dados ultrapassar 1 GB, o jovem deixa de poder utilizar os 15 GB e 5 GB previstos, respetivamente, para as apps de redes sociais/chat e vídeo. Esta prática é aplicada atualmente em todos os tarifários com apps incluídas e é criticada por nós desde que foi implementada. O tarifário inclui ainda mil minutos para telefonemas, MMS ou videochamadas para todas as redes e SMS gratuitas sem indicação de limite. 

Tarifários para jovens com mais de 25 anos

Para os mais velhos, uma alternativa passa por recorrer aos tarifários da NOWO pós-pagos com fidelização de 24 meses (sem apps incluídas). Estes planos custam a partir de 10 euros por mês para um plafond de 2 GB (a opção de 1 GB, por 7,50 euros, deverá ser insuficiente para este perfil). Outra opção são os tarifários sem fidelização Lycamobile Lyca Nacional M 5GB – com um limite de dados de 5 GB (a partir de 15 euros) –, Vodafone You ou NOS Like, estes últimos bastante mais caros – a versão com apps de comunicação (chat) e redes sociais incluídas (mas sem apps de vídeo) custa 19,55 euros por mês.

Faça login no site para continuar a ler o artigo e comparar os preços dos tarifários de telemóvel com apps incluídas.  

Se ainda não é subscritor, conheça estas e outras vantagens da assinatura.

Subscrever