Dossiês

Dormir melhor

13 março 2020
Casal com filho a dormir numa cama

Conheça os seus níveis de sonolência diurna, soluções para melhorar a qualidade do sono e se deve ir ao médico. Mudar de hábitos pode ser suficiente.

Início

Para uma boa qualidade de vida e menos sonolência durante o dia, os adultos devem dormir entre 7 e 9 horas diárias. A médio e longo prazo, a saúde física e mental ficam afetadas pela “dívida de sono”. Se sentir alguma alteração nos seus hábitos de sono, que interfiram com a sua saúde ou qualidade de vida, não deixe que a situação se arraste. Procure o médico. O défice de sono deve ser compensado para não se tornar crónico. Por isso, respeite o tempo que o seu organismo precisa para se restabelecer.

As necessidades de sono podem variar. Os efeitos diretos do sono de má qualidade são cansaço, mau humor e irritabilidade, que prejudicam as relações sociais e familiares. Na maioria dos casos, basta melhorar os hábitos de vida e não é necessário medicação para dormir.

Siga os conselhos para dormir melhor e evitar a insónia. Aprenda ainda a combater a sonolência trazida pelo inverno ou o jet lag das viagens longas e para outros fusos horários.