Notícias

Google ChromeOS Flex é boa opção para computadores antigos

Tem um computador guardado há anos, com pouco ou nenhum uso? É possível que o ChromeOS Flex o traga de novo à vida. Uma vez ressuscitado, será capaz de cumprir as exigências da maioria dos utilizadores, como gerir e-mails, navegar na net, participar em videoconferências, usar folhas de cálculo ou escrever textos.

28 outubro 2022
Homem com computador portátil

iStock

Relegou para as catacumbas da memória um computador demasiado lento e com sistema operativo antigo, já sem atualizações do fabricante? Vá buscá-lo e tente uma derradeira manobra de reabilitação. Simplicidade, desempenho fluido, atualizações de segurança periódicas, consumo de poucos recursos e otimização da autonomia da bateria, mesmo em máquinas mais antigas e com especificações básicas, é o que oferece o ChromeOS Flex, sistema operativo semelhante ao ChromeOS, mas menos versátil do que os clássicos Windows ou MacOS.

Vantagem adicional: o ChromeOS Flex pode ser testado antes da instalação no disco rígido. Aliás, é mesmo uma recomendação da DECO PROTESTE. Teste o sistema e veja se tudo fica funcional e de acordo com as suas necessidades – por vezes, surgem erros no equipamento. Outra boa dica é fazer cópia dos dados antes da instalação definitiva, pois, nessa altura, todos os conteúdos serão apagados.

O que traz o ChromeOS Flex?

O computador torna-se operacional para gestão de e-mail, uso de redes sociais ou outra atividade relacionada com a navegação na net. Incluem-se aqui, entre outras, a leitura de notícias, a visualização de vídeos no YouTube, as compras online, o homebanking e as videoconferências.

Computador com chromeOS flex

O Chrome OS Flex converte um computador desatualizado numa máquina operacional para as principais tarefas que desempenha o comum dos utilizadores.

O equipamento renovado pode ser igualmente usado para trabalhar em documentos de texto, folhas de cálculo e apresentações, com recurso às ferramentas online da Google. Já para documentos elaborados, como folhas de cálculo complexas, esta opção é bastante menos interessante do que, por exemplo, o Office. Se tiver o serviço Microsoft 365, pode, como é evidente, aceder a todas as ferramentas do Office online.

Jogar é outra opção permitida pelo ChromeOS Flex, sendo a oferta de jogos razoável, mas limitada sobretudo a títulos menos exigentes do ponto de vista gráfico.

Pode ainda adicionar programas ao ChromeOS Flex, a maioria deles executados a partir da cloud, o que retira alguma exigência ao computador em termos de processamento, mas cria uma forte dependência da ligação à internet. De qualquer modo, para as utilizações típicas da maioria dos utilizadores, essa dependência já existe, mesmo com outros sistemas operativos. Se tiver dúvidas quanto à velocidade da net fixa, use a ferramenta da DECO PROTESTE.

Teste a velocidade da rede fixa

O computador é compatível com o ChromeOS Flex?

A lista de computadores compatíveis é vasta, e está a crescer. Ainda assim, muitos não aceitam este sistema operativo ou, mesmo que o executem, podem apresentar problemas de funcionamento (por exemplo, algum hardware, como placas de rede, ligação bluetooth ou gestão de energia, não é reconhecido). Também existe hardware indicado pela Google como incompatível. É o caso de leitores de CD/DVD ou de impressões digitais.

A lista completa de computadores admitidos pode ser consultada no site da Google. Mas, mesmo que a sua máquina se encontre fora da lista, não desanime. Não significa necessariamente que esteja impedida de funcionar com este sistema operativo, apenas que não foi testado e certificado pela Google.

Google ChromeOS Flex

Os computadores compatíveis podem ser consultados no site da Google.  

Como testar o ChromeOS Flex antes da instalação definitiva?

Pode correr o sistema operativo a partir de uma pendisk ou de um cartão de memória, desde que tenha, pelo menos, 8 GB de armazenamento, e o processo é relativamente simples e rápido. Ao conectar a unidade de armazenamento ao computador, o teste ao ChromeOS Flex processa-se sem tocar no sistema operativo existente. Assim, se o computador tiver problemas ao correr o novo sistema, ou se este não corresponder às expectativas, pode ficar tudo como estava.

Apenas um aviso: no modo de teste, com o sistema operativo a ser executado a partir de uma pen ou de um cartão, o computador demora mais a arrancar e é um pouco menos fluido no funcionamento.

Findo o teste, se o ChromeOS Flex o convencer, já sabe, deve fazer um backup do conteúdo do computador, já que a instalação definitiva implica a perda de todos os ficheiros.

Como instalar o ChromeOS Flex?

Aceda ao site da Google e siga os passos indicados. O primeiro é instalar, através da Chrome Web Store, cujo link é referido, o utilitário de recuperação do Chromebook.

Em seguida, terá de correr essa extensão. Prepare então a unidade de armazenamento onde vai ser instalado o sistema operativo. Quando lhe pedirem para identificar o computador (Chromebook), devem ser inseridas, como marca e modelo, as informações relativas ao ChromeOS Flex. Ao terminar o processo, pode instalar o sistema operativo no computador ou testar primeiro.

Como adicionar programas e jogos?

No sistema operativo, vêm pré-instaladas duas lojas de apps: a Google Play Store e a Chrome Web Store, associada ao browser da Google. Apesar disso, a primeira não é compatível com este sistema operativo. Resta recorrer à Chrome Web Store, cuja oferta é satisfatória.

Chrome web store

A Chrome Web Store, única loja de apps que o sistema operativo admite, tem uma oferta razoável. 

Escolhidas e instaladas as aplicações, surgem no menu de pesquisa do ChromeOS Flex, onde podem ser arrumadas conforme as preferências do utilizador.

Quais as principais diferenças entre o ChromeOS Flex e o ChromeOS normal?

Os Chromebooks trazem o ChromeOS instalado de origem. Ao nível da segurança, existem algumas diferenças para o Flex. Os módulos trusted platform module (TPM) estão ausentes de alguns computadores que podem executar o ChromeOS Flex, o que impede a encriptação dos dados pela máquina (hardware). Nesses casos, a proteção dos dados terá de ser feita através de programas (software), o que é menos robusto.

Mas, claro, a principal diferença entre as duas versões é mesmo a incompatibilidade do ChromeOS Flex com as aplicações provenientes da popular Google Play Store.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.