Dicas

Tuberculose: como identificar e tratar

Contágio pelo ar

A tuberculose é uma doença contagiosa que atinge, sobretudo, os pulmões. Fala-se de tuberculose extrapulmonar quando afeta outros órgãos e estruturas, como rins, pele, ossos e cérebro, com queixas nos órgãos atingidos. Esta variante costuma afetar pessoas imunodeprimidas, por exemplo, com sida ou em tratamento do cancro.

A doença é causada por uma bactéria (Mycobacterium tuberculosis) também conhecida por Bacilo de Koch.

À semelhança do que sucede nas constipações e gripes, o contágio da tuberculose ocorre pelo ar, por gotículas de saliva disseminadas pela tosse ou por espirros de pessoas com tuberculose pulmonar ou laríngia ativa. Estas gotículas contêm o bacilo responsável pela doença e podem ser inaladas e depositar-se nos pulmões da pessoa em contacto com o doente.

As bactérias (ou bacilos) podem permanecer em suspensão no ar durante várias horas, mas são necessárias cerca de oito horas em contacto com um indivíduo infetado para haver risco de transmissão.

O contágio não ocorre pela partilha de alimentos ou bebidas, pelo beijo, ao apertar a mão ou por usar a mesma casa de banho.