Notícias

Não fique às escuras com a Black Friday

17 novembro 2016
Black Friday

17 novembro 2016
No ano passado, algumas lojas aumentaram os preços antes da Black Friday, para dar a impressão de que, no dia, estavam a fazer boas ofertas. Veja as nossas dicas e não se deixe enganar este ano.

Em 2015, analisámos 1 862 produtos de algumas lojas online, antes e durante o período de desconto. Algumas subiram, em média, o preço de 10% dos produtos analisados. Esta manipulação pode levar o consumidor a adquirir um produto na Black Friday por acreditar que está a poupar, quando, na verdade, não está.

Comece já a registar os preços dos produtos que quer comprar. Acompanhe também os valores praticados nas diferentes lojas, pois podem variar muito consoante o estabelecimento.

Os nossos comparadores indicam os valores de lojas tradicionais e online e a qualidade de vários produtos. Poupe € 205 em telemóveis, € 340 em máquinas fotográficas digitais e € 368 em televisores.

Faça uma lista com os produtos de que realmente precisa. Evite compras impulsivas só porque está barato.

Em termos de direitos, as trocas e garantias são as mesmas, apesar de se tratar de um período de promoções. Se o novo produto tiver um defeito e este não surgiu por má utilização, dirija-se ao vendedor com o comprovativo da compra. Pode reclamar até 2 anos. As lojas não são obrigadas a aceitar devoluções ou a fazer reembolsos de um produto sem defeito. Podem fazê-lo se for a sua política comercial, mas nada na lei as obriga a isso.

As compras pela net podem ser anuladas depois de o produto lhe chegar às mãos. Tem 14 dias seguidos para comunicar a sua desistência, sem pagar indemnização ou ter de indicar o motivo. O prazo conta-se a partir da data de receção do produto ou, no caso da prestação de serviços, da data de celebração do contrato.


Imprimir Enviar por e-mail