Notícias

Atrasos nos CTT são a principal queixa dos consumidores

Início

Mais de metade dos inquiridos apontou, pelo menos, um problema no envio ou na receção de correspondência. Os grandes atrasos são a principal queixa.

  • Dossiê técnico
  • Ana Almeida
  • Texto
  • Isabel Vasconcelos
22 agosto 2019
  • Dossiê técnico
  • Ana Almeida
  • Texto
  • Isabel Vasconcelos
caixa de correio

iStock

O inquérito que realizámos, e que contou com a participação de quase 1800 consumidores de Braga, Coimbra, Lisboa e Porto, revela que os residentes destas cidades estão pouco satisfeitos tanto com o serviço como com os balcões dos CTT. Quando comparámos com empresas de correio expresso, os CTT surgem em último lugar, com o menor índice de satisfação.

Estes resultados são apenas mais uma prova da degradação da qualidade do serviço prestado por este operador. Em 2018, a Anacom aumentou a quantidade dos indicadores de qualidade do serviço postal universal que os CTT terão de cumprir em 2019 e 2020 e estabeleceu objetivos mais rigorosos nalguns deles. O regulador procura, assim, que seja assegurado um serviço universal de maior qualidade, mas sem pôr em causa a sustentabilidade e a viabilidade económica e financeira da empresa.

Resta esperar a avaliação para este ano que permitirá verificar se o maior rigor exigido pela Anacom deu resultado. A pouco mais de um ano do fim do contrato de concessão estabelecido com os CTT, aguardamos com expectativa pelas decisões que serão tomadas pelo Governo quanto ao futuro do serviço universal. Acima de tudo, é essencial garantir a disponibilidade e a prestação de serviços postais de qualidade elevada e uniforme em todo o território nacional e acessíveis a todos os utilizadores.

Serviço de correios com atrasos

A maioria dos nossos inquiridos enviou correspondência através dos CTT, pelo menos, uma vez nos 12 meses anteriores ao preenchimento do questionário. Mas nem sempre correu tudo bem. Quase 55% referiram que ocorreu, pelo menos, um problema. Os grandes atrasos na chegada ao destino são a principal queixa dos inquiridos. Mas quase um quinto também indicou que a correspondência foi entregue na morada errada, embora o endereço estivesse bem escrito, ou que nunca chegou.

ctt

ctt

ctt

ctt

Saiba mais sobre a satisfação com os balcões dos CTT e com as empresas de correio expresso.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.