Notícias

Descubra as melhores colunas de som com bluetooth

Com 20 euros, já pode ir às compras. Mas não se fixe só no preço: o mais provável é ficar frustrado com o som. Testámos quase 50 colunas bluetooth, e a qualidade vai do mau ao excelente. Veja as melhores opções no nosso comparador.

  • Dossiê técnico
  • António Alves e José Almeida
  • Texto
  • Inês Lourinho
09 julho 2021
  • Dossiê técnico
  • António Alves e José Almeida
  • Texto
  • Inês Lourinho
Duas jovens na rua, a ouvirem música através de uma coluna de som bluetooth emparelhada com o telemóvel

iStock

Longe vão os dias em que a música era apenas guardada em suportes físicos, como o vinil, as cassetes ou os CD. Hoje, as nossas faixas preferidas também existem num formato, digamos, mais etéreo, em plataformas online, de onde são transmitidas para telemóveis, computadores ou outros dispositivos, que, não sendo especificamente concebidos para reproduzir áudio, também o fazem, ainda que com qualidade mais modesta. Têm, contudo, a vantagem de poderem ser emparelhados, via bluetooth, com colunas que lhes amplificam o som.

Para ouvir música, basta ligar a função bluetooth no smartphone, procurar a coluna na lista de dispositivos e fazer o emparelhamento. A partir desse momento, quando ligar o bluetooth no telefone, o processo é automático. Depois, inicie o leitor de música no smartphone e escolha a faixa a reproduzir. Algumas colunas, além da ligação sem fios, dispõem de entrada de áudio estéreo para jack de 3,5 milímetros. Serve para ligar, entre outros, os leitores de MP3.

Com apenas 20 euros, já é possível comprar uma pequena coluna bluetooth. Embora muito práticos devido à facilidade de transporte e ao emparelhamento com o smartphone, estes modelos mais comedidos tendem a debitar um som fraco. Além disso, o volume sonoro que se consegue extrair sem distorção é bastante limitado. A razão é simples. Não é fisicamente possível obter um som impactante e com graves profundos num dispositivo de dimensões demasiado reduzidas.

Isso mesmo acaba por refletir-se nos resultados do teste. Os melhores aparelhos tendem a ser maiores, mais pesados e também mais caros. Com a exceção da Escolha Acertada, que custa 79 euros com a bateria incluída, boa qualidade só a partir dos 110 euros, como pode verificar no nosso comparador.

Apenas a Escolha Acertada permite substituir a bateria

Todas as colunas testadas permitem a ligação por bluetooth a um aparelho compatível (em regra, o telemóvel), estão equipadas com bateria e foram concebidas para um uso portátil. O peso oscila entre os cerca de 180 gramas e os quase seis quilos.

Em termos de autonomia, enquanto os aparelhos mais “resistentes” quase atingem as 38 horas de funcionamento, alguns perdem a energia em pouco mais de quatro horas e meia. E os modelos mais rápidos levam menos de três horas para carregar a bateria, ao passo que os mais lentos podem gastar ainda outra hora e meia.

Com a exceção da Escolha Acertada, a IKEA Eneby, que pode ser comprada com ou sem bateria e usada através de ligação por cabo à corrente, nenhuma coluna permite a substituição daquele componente.

Nas restantes colunas, os carregadores fornecidos não são suficientemente potentes para restaurarem a energia por completo, ficando sempre, números redondos, 20% aquém da capacidade máxima. Com o tempo, e sobretudo se a coluna for muito usada no exterior, este défice vai provocando danos na bateria, que, em quatro ou cinco anos, pode mesmo deixar de funcionar. Como não pode ser substituída, será a morte do aparelho.

Som das colunas bluetooth vai do mau ao excelente

Embora não haja garantias de que uma coluna grande e pesada debite bom som, é complicado encontrar um aparelho que, apresentando reduzidas dimensões, ofereça sonoridade impactante e com boa reprodução de graves. Para produzirem som, as colunas têm de empurrar as moléculas do ar, que, por sua vez, provocam ondas sonoras. É um choque em cadeia, em que as moléculas se empurram umas às outras. Ora, se a coluna não tiver dimensão suficiente, vai ser difícil empurrar as moléculas com energia suficiente.

Para determinar a qualidade sonora, carregámos as faixas musicais de teste num smartphone com bluetooth aptX e transmitimo-las para as colunas. As amostras foram operadas com igual volume, e um painel de profissionais avaliou o som.

Apurámos diferenças muito significativas entre os aparelhos testados, cujo som vai do mau ao excelente. Os modelos com pior sonoridade não permitem desfrutar verdadeiramente de música: quando muito, podem ser usados para ter uma banda sonora de fundo enquanto se executam certas tarefas domésticas, como cozinhar. Já os melhores exibem qualidade equivalente à das aparelhagens micro hi-fi. A principal diferença está no recurso das últimas a duas colunas frontais, que podem ser separadas e instaladas de forma a potenciar o efeito estéreo. Nas colunas bluetooth testadas, a separação dos canais é pouco eficaz.

Também o volume máximo sem distorção é limitado nos modelos com tamanho mais modesto. As melhores colunas alcançam níveis de pressão sonora acima dos 79db(A). Tenha em atenção este aspeto no momento da compra, sobretudo se pretende usar o equipamento numa sala maior, num local com muitas pessoas ou no exterior.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.