Dicas

Repelentes: pele à prova de mosquitos

29 maio 2015

29 maio 2015

Para evitar picadas de melgas e mosquitos, proteja a família com vestuário adequado e, se necessário, use um repelente eficaz. Nas crianças, veja o rótulo e aplique um repelente indicado para a idade.

Início

Os repelentes apresentam-se em loção, gel, stick ou vaporizador. Compare e descubra os produtos com melhores resultados no nosso teste. Aqueles com princípios ativos sintéticos são mais eficazes do que os naturais, como a citronela. Quanto maior é a concentração de princípios ativos, mais duradouro é o efeito. Velas, braceletes e difusores prometem afastar as melgas, mas são pouco úteis.

Veja, no vídeo, as provas completas em laboratório.

  • Aplique nas zonas expostas do corpo e na roupa, na dose recomendada. Mais quantidade não dá proteção adicional. 
  • Evite os olhos e a boca, assim como feridas ou pele irritada. Lave as mãos depois. 
  • Siga sempre as instruções de utilização do produto. Em média, o repelente é aplicado a cada 3 ou 4 horas, mas este período de proteção está dependente da concentração do produto da formulação e outros factores (por exemplo se suar mais).
  • Se causar irritação ou outras reações, remova com água e sabonete e contacte o centro de informação antivenenos (808 250 143) ou vá ao médico. Indique a substância ativa ou leve o produto consigo.
  • Mantenha o produto fora do alcance das crianças. 
  • Cuidado a usar repelente perto de uma chama ou faísca, porque alguns são muito inflamáveis. 
  • Se necessitar de repelente e protetor solar em simultâneo, comece por aplicar o último. O DEET reduz a eficácia do protetor, mas este não afeta o DEET.

Imprimir Enviar por e-mail