Notícias

Compras no Facebook: não corra riscos

11 abril 2016
Cuidados a ter com a compra de produtos e serviços via Facebook.

11 abril 2016

A DECO tem recebido várias reclamações referentes a compras em lojas no Facebook, nomeadamente atraso nas entregas dos produtos e falta de reembolso em caso de desistência da compra. Veja os nossos alertas.

As lojas no Facebook, na sua maioria, não se encontram registadas como empresas em Portugal, nem possuem um endereço físico de contacto. Por vezes, não se trata de vendas de comerciantes para consumidores, mas sim de vendas entre particulares, dificultando a resolução de um possível conflito.

Os nossos associados têm reportado várias fraudes, desde o vestido que foi pago e nunca chegou ao destino, apesar da insistência do comprador, passando por uma transferência bancária para a compra de uma camisola desportiva, que também nunca apareceu e os dados fornecidos pelo vendedor eram falsos, até à compra de um edredão que não foi entregue e as reclamações na página de Facebook são apagadas pelo vendedor.

Se pretende adquirir algum produto através do Facebook, saiba que medidas devem ser tomadas.

Comprar com segurança
Antes de mais, peça e procure referências sobre a página com a qual pretende fazer negócio. Pesquise sobre vendas anteriores e perceba se há reclamações.

Tente obter o endereço físico da loja ou uma morada para usar em caso de conflito. Estes negócios são criados, muitas vezes, apenas na rede social e o seu encerramento está à distância de um clique. Se efetuar o pagamento da encomenda e a loja encerrar, dificilmente receberá o reembolso ou o produto encomendado.

Desconfie se o produto é muito barato. Neste caso, faça todas as perguntas sobre ele e analise as respostas.

As formas de pagamento mais seguras, caso a loja permita, são o pagamento à cobrança, a transferência bancária ou por multibanco. Assegure-se de que recebe um comprovativo da encomenda, com a descrição do produto, o preço, o endereço do vendedor e o prazo de entrega. Caso não lhe seja disponibilizada fatura, não poderá mais tarde acionar a garantia do produto, pois não terá forma de comprovar a data de compra.

Sendo uma compra feita pela Net, tem sempre um prazo de 14 dias seguidos para desistir, mas só se for um negócio entre comerciantes e consumidores. Caso tenha adquirido o produto a um particular, não existe esta possibilidade.

Suspeite se o vendedor fizer muita pressão para concluir o negócio. Nunca arrisque a comprar sem investigar o anúncio adequadamente.

Se efetuou uma compra em loja no Facebook e não recebeu o produto dentro do prazo, deve optar por cancelar a compra e solicitar o reembolso do valor pago ou combinar com a empresa um novo prazo de entrega.

Se estiver a passar por uma situação idêntica, pode fazer a sua reclamação presencialmente na sede ou delegações regionais da DECO, via telefone, por e-mail (decolx@deco.pt) ou ainda na nossa área Reclamar. A DECO está atenta às reclamações e promove as diligências necessárias para garantir a proteção dos direitos e legítimos interesses dos consumidores neste tipo de compras, garantindo a denúncia às autoridades competentes, a informação aos consumidores e a mediação.