Dicas

IMT: como calcular o imposto a pagar

É uma das despesas a ter em conta por quem compra uma casa nova. Use o nosso simulador para saber quanto vai pagar de imposto.

  • Texto
  • Sofia Frazoa e Filipa Nunes
04 outubro 2018
  • Texto
  • Sofia Frazoa e Filipa Nunes
imt

iStock

O Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) é uma despesa obrigatória quando se compra casa. Tem de ser pago pelo comprador nas Finanças, homebanking, CTT ou caixa multibanco, sem prestações e antes de fazer a escritura.

Com os preços das casas a disparar em algumas cidades, disparam também os impostos a pagar. Feitas as contas, entre escrituras, registos e mudanças, o IMT pode ser o encargo mais pesado. Saiba como calcular o imposto e em que situações pode beneficiar de isenção.

Quanto vai pagar

Se vai comprar uma casa para habitação própria e permanente por menos de € 92 407, em Portugal Continental, fica isento de pagamento de IMT. Nos Açores e na Madeira só beneficia de isenção se investir num imóvel que custe menos de € 115 508,75, também para habitação própria e permanente. No caso das habitações secundárias e nos investimentos para arrendamento, não há isenção.

O valor do IMT varia, assim, consoante o montante de aquisição do imóvel e a taxa a aplicar a esse valor (que pode ir de 1 a 8%), a sua localização e finalidade. Uma casa comprada por € 150 000, por exemplo, tem um custo associado de € 1 859,77 de imposto. Caso os € 150 000 sejam para uma casa de férias, o imposto será de 2 783,84 euros.

Simular o IMT a pagar

IMT apurado pelo registo nas Finanças

Mesmo que o negócio tenha sido um achado, não significa que vá beneficiar da redução do imposto. Quando o preço de compra é inferior ao valor patrimonial tributário do imóvel que consta na caderneta predial, o IMT é apurado em função do montante mais elevado. O valor usado para calcular o imposto é o que está registado nas Finanças.

Em caso de permuta de imóveis, se houver imposto a pagar, o encargo é para o comprador que fica com a casa mais cara.

Pode obter a nota de pagamento do IMT no Portal das Finanças, em Cidadãos > Serviços > Imposto Municipal sobre as Transmissões > Entregar Declaração. Depois de preencher o Modelo 1 do IMT, basta efetuar o pagamento e apresentar o comprovativo na escritura.

A declaração pode ser difícil de preencher, por isso, recomendamos que se desloque a um serviço de Finanças e conclua o processo com a ajuda de um funcionário.

No dia da escritura, o notário exige o comprovativo do pagamento do IMT. Se recorreu a crédito à habitação, é possível que o banco lhe peça este documento uns dias antes.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.