última atualização: 14/11/2022

Poupar eletricidade com um sistema fotovoltaico

Painéis solares

O elevado custo da eletricidade, sobretudo após os mais recentes aumentos, leva muitos consumidores a quererem investir num sistema fotovoltaico, para produzirem parte da energia que consomem e, assim, baixarem a fatura mensal. 

A instalação destes sistemas é mais simples para quem vive numa moradia, mas também pode ser opção em apartamentos. Outra solução passa por convencer o condomínio a investir num sistema que alimente as várias frações.

Porém, antes de avançar, são precisos cuidados na definição e no dimensionamento do sistema. Só assim se consegue garantir que é eficiente e rentável, e que a produção se adequa às necessidades da casa, evitando assim o desperdício de energia.

Através da nossa análise, concluímos que a instalação de um sistema fotovoltaico ajustado ao perfil de consumo de um casal numa moradia de um piso e quatro assoalhadas, na zona do Porto, permite uma poupança anual de 366 euros na fatura da eletricidade.

A importância do inversor

Se quer investir num sistema fotovoltaico deve começar por identificar o seu perfil de consumo. Para obter esta informação pode recorrer às faturas da eletricidade. Subtraia à leitura real mais recente a registada no mesmo mês, mas do ano anterior, obtendo assim uma estimativa do consumo anual. Contudo, terá de perceber como aquele é distribuído ao longo do dia, dado que o sistema só irá produzir energia enquanto houver sol. A ligação à rede elétrica tem de ser mantida, para garantir energia nos períodos sem sol, naqueles em que o consumo é superior à produção do sistema ou em caso de avaria de algum componente.

Definido o valor de eletricidade que se pretende produzir, avança-se para a definição da melhor solução. Dos vários componentes de um sistema solar fotovoltaico, destacam-se os painéis e o inversor (ou microinversor). Os primeiros incluem células fotovoltaicas que captam a energia solar e a convertem em corrente elétrica. Por sua vez, o inversor (ou microinversor) transforma a eletricidade produzida, de modo a ser consumida pelos equipamentos instalados em casa. É a potência deste que determina a capacidade de produção do sistema. Tem ainda a capacidade de monitorizar a produção solar, para permitir tanto o autoconsumo como a injeção do excesso de eletricidade na rede pública. Os microinversores, por serem instalados junto aos painéis, têm a vantagem de monitorizar individualmente a produção destes, sendo mais fácil detetar avarias.

É essencial que o painel e o inversor ou microinversor sejam compatíveis.

Descubra as diferentes combinações de sistemas e quais os mais eficientes no simulador

Peça vários orçamentos

Antes de investir no sistema fotovoltaico, o técnico tem de visitar o local, a fim de verificar a área disponível para os painéis e as suas características (orientação e inclinação) e a instalação elétrica da habitação. Deve ainda garantir que não existem fatores que possam afetar a produção e analisar o perfil de consumo do agregado, de forma a apresentar a solução mais adequada. 

Contacte várias empresas, para obter diferentes orçamentos.

Caso precise de ajuda na compra, pode recorrer a um crédito específico para energias renováveis. Este produto tem condições mais vantajosas do que o crédito pessoal sem finalidade. A principal é a taxa de juro. Embora todos os créditos ao consumo pratiquem as taxas máximas definidas pelo Banco de Portugal, quando a finalidade é o investimento em renováveis, a taxa anual de encargos efetiva global (TAEG) é bastante inferior. Como se trata de um empréstimo com condições especiais e custos mais baixos, é necessário comprovar o verdadeiro destino dos fundos através de uma fatura ou de um orçamento discriminado.

Dúvidas sobre o tema? Não hesite em partilhá-las com a comunidade. 

A EQUIPA DECO PROTESTE 

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Produzir eletricidade da comunidade Energias Renováveis

2 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
15/08/2022

Boa tarde, por acaso vou começar a construir uma casa e quero comprar uns painéis. Será que alguém pode indicar quais os melhores qualidade/preço? Obrigada

Faça login para aceder a este conteúdo. 
14/11/2022
, Respondeu:

Olá, Maria.

De forma a encontrar os painéis solares adequados às suas necessidades, veja os nossos conselhos de compra em https://www.deco.proteste.pt/casa-energia/energias-renovaveis/noticias/como-avaliar-escolher-sistema-fotovoltaico-autoconsumo

Pode ainda usar o nosso simulador para se certificar de que está a fazer a escolha mais eficiente em https://www.deco.proteste.pt/casa-energia/energias-renovaveis/testes/paineis-fotovoltaicos

Se necessitar de mais esclarecimentos, estamos ao seu dispor. 

Obrigado, 

A EQUIPA DECO PROTESTE.