última atualização: 04/11/2019

Quais as Bombas de calor de 300L (médi)+eficazes do mercado

Quais as Bombas de calor de 300L (média) mais eficazes do mercado?

User name

Junte-se a esta conversa

Comentários

User name Moderator
30/10/2019
Bruno Miguel | Moderador

Olá Susana,

A DECO proteste de momento não tem nenhum teste comparativo que possa apresentar junto dos consumidores sobre bombas de calor.

Existe neste comonidade muitas informações que mostram o potencial e sua competitividade energética neste investimento e convidamos os membros desta comunidade a partilhar sugestões e experiências sobre este tópico. As vossas informações podem ser úteis para outros consumidores!

Se me permite a pergunta, uma bomba de calor para 300L permite água quente sanitária para um agregado familiar elevado. é o seu caso?

Obrigado,

A equipa Energias Renováveis

User name
04/11/2019
SUSANA PAULA LOPES DIAS , Respondeu:

Num final de um dia somos 2 adultos e 2 adolescentes, mais as agua para lavar a louça se houver um dia mais um convidado que fique lá em casa talvez já não seja suficiente 200L para todos !?!.....

User name Moderator
04/11/2019
Bruno Miguel | Moderador , Respondeu:

Olá Susana,

Depende muito os consumos simultâneos que usa, e se os banhos são muito demorados ou espaçados (Noite/manhã).

Normalmente usa-se como termo padrão 45L por pessoa na habitação. Sendo 4 pessoas e esporadicamente +1 no nosso ponto de vista parece-me justificável apenas 200L300L não é completamente descabido para quem tem a noção de ter frequentemente um elevado consumo energético ou normalmente mais de 4 pessoas.

uma bomba de calor pode demorar entre 5 a 8h a aquecer a água, pelo que se bem regulada temporalmente 200L pode ser suficiente, sem ter o consumo excessivo de energia para aquecer 300L todos os dias.

Com os melhores cumprimentos

Equipa Energias Renováveis

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.