Dicas

Colchões mais ou menos firmes: qual o melhor?

Um colchão mais firme proporciona mais benefícios? O importante é escolher um modelo adequado para si, sobretudo no que diz respeito ao peso e à posição habitual quando dorme. Saiba como distinguir os colchões firmes dos colchões de firmeza baixa.

16 setembro 2022
homem na loja a avaliar firmeza de colchão

iStock

Uma boa noite de sono é essencial para recuperar as forças após um longo dia. Deve encontrar um colchão adequado que lhe permita descansar bem. Embora não seja o único fator decisivo, o nível de firmeza do colchão é fundamental para avaliar o seu conforto. É necessário que o modelo suporte o peso do seu corpo sem afundar. Mas como saber se um colchão é muito firme ou muito macio?

Apesar de existir uma escala técnica de firmeza, que vai de zero (firmeza máxima) a dez (firmeza mínima), esta não define o limite entre um colchão de firmeza elevada, média ou baixa. Além disso, os fabricantes utilizam as suas próprias escalas com leituras distintas. Os padrões de firmeza de um colchão de uma marca podem não ser os mesmos que os de outra marca, o que torna difícil a comparação entre fabricantes diferentes, embora sejam válidos para modelos da mesma marca.

Por exemplo, alguns fabricantes aplicam uma escala de firmeza entre H1 (menos firme) e H5 (mais firme). Outros indicam uma escala numérica de um (menos firme) a dez (mais firme), com intervalos regulares. A maioria refere apenas a classificação descritiva de extra-firme, firme ou médio-firme, por exemplo, sendo apenas válida nos produtos da sua gama.

Nos nossos testes, medimos a firmeza do colchão de acordo com a norma europeia EN 1957. O valor obtido é classificado por nós numa escala descritiva de três pontos: firmeza baixa, média e elevada. Este procedimento é aplicado a todos os modelos que analisamos, o que permite comparar os modelos entre si, mesmo que sejam de marcas diferentes.

VER RESULTADOS E PREÇOS DE COLCHÕES

Escolha um colchão para as suas necessidades

Não baseie a sua escolha apenas no que lhe dizem os fabricantes. Os nossos testes mostram que a firmeza anunciada nem sempre coincide com a firmeza real, medida pelo laboratório (com uma escala técnica). Alguns modelos apresentados como firmes são, na verdade, modelos de firmeza baixa, de acordo com a escala técnica.

Por outro lado, tenha em conta que a escala técnica nem sempre corresponde com o que é percecionado por cada consumidor e pelo seu gosto pessoal. Os utilizadores tendem a distinguir o colchão como tendo firmeza baixa ou tendencialmente baixa, por um lado, e elevada ou tendencialmente elevada, por outro. Falta a perceção do que é um colchão de firmeza média, que corresponde ao centro da escala técnica. O gráfico seguinte ilustra esta diferença:

 

Colchões firmes

Pontos fortes

  • Um colchão firme apoia o seu corpo e ajuda a preservar a forma da sua coluna.
  • Será mais durável, pois os colchões normalmente perdem firmeza com o tempo.
  • A superfície em contacto com o seu corpo é menor, o que melhora a circulação do ar e facilita a movimentação durante o sono.

Pontos fracos

  • Se o colchão for demasiado firme, a pressão fica concentrada nos ombros e nos quadris, em vez de ser distribuída uniformemente pelo corpo, o que irá certamente incomodar.
  • Pode precisar de um sobrecolchão para colmatar o problema do colchão demasiado firme, mas nem sempre será eficaz.
  • Um colchão firme pode tornar-se frio no inverno, o que causa incómodo a pessoas sensíveis a temperaturas baixas.

Colchões de firmeza baixa

Pontos fortes

  • Um colchão de firmeza baixa exerce menos pressão em áreas como ombros e quadris, o que o torna mais confortável para quem durma de lado.
  • São mais confortáveis para pessoas que pesam pouco, por exemplo, crianças.
  • É mais fácil encontrar um colchão de firmeza média-baixa porque os colchões tendem a ser menos firmes do que o anunciado pelos fabricantes.

Pontos fracos

  • Se a firmeza do seu colchão for demasiado baixa, o seu corpo pode afundar mais do que deseja, o que impede que as suas costas se mantenham bem alinhadas.
  • É mais difícil movimentar-se durante o sono, dado que o corpo se encontra moldado pelo colchão. O mesmo pode acontecer com colchões de espuma viscoelástica.
  • A superfície de contacto com o colchão é maior e o efeito "concha" pode resultar em mais calor. Contudo, a sensação térmica também depende da capa do colchão.

Que colchão deve escolher: firme ou macio?

A firmeza ideal de um colchão depende do seu gosto pessoal. O que parece firme para uma pessoa pode ser macio para outra, e vice-versa. O peso e a forma do seu corpo são aspetos importantes que o ajudam a determinar a sua opinião. A melhor maneira de acertar na escolha é experimentar vários colchões para encontrar o mais adequado para si.

Em regra, os colchões firmes são mais adequados para pessoas mais pesadas, enquanto os colchões macios são mais indicados para pessoas menos pesadas. Mas lembre-se de que os fabricantes podem definir áreas com firmezas diferentes no colchão para obter um suporte mais adequado e, por isso, é essencial que experimente vários modelos antes de decidir pela compra.

A posição em que dorme também desempenha um papel importante. Quem dorme de lado precisa de um colchão que afunde um pouco mais na área dos ombros, pelo que um colchão de firmeza média-baixa pode ser um bom compromisso. Por outro lado, um colchão firme pode ser adequado para quem dorme de barriga para baixo, para não afundar tanto. O mais importante é que a adaptabilidade e a firmeza do colchão o deixem confortável.

Não existe correlação entre firmeza e qualidade, sejam colchões baratos ou caros. Caso esteja interessado em comprar um colchão novo, consulte o nosso comparador de colchões para encontrar dezenas de modelos testados e escolher o que melhor satisfaz as suas necessidades. Todos foram medidos com a mesma escala técnica de firmeza. Não se esqueça de definir os filtros da ferramenta consoante as suas características e preferências.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.