Notícias

Aquecedor Insta Heater da EHS.tv não poupa eletricidade e é perigoso

O aquecedor promete aquecer uma sala em segundos e anuncia que pode ser utilizado na casa de banho, mas é publicidade enganosa. Já denunciámos à Direção-Geral do Consumidor.

  • Dossiê técnico
  • Ricardo Pereira
  • Texto
  • Filipa Nunes
09 abril 2020
  • Dossiê técnico
  • Ricardo Pereira
  • Texto
  • Filipa Nunes
aquecedor elétrico insta heater

O aquecedor não “é capaz de aquecer qualquer ambiente em alguns minutos” e não “é perfeito, por exemplo, para levá-lo ao banheiro e aquecê-lo quando você sai do chuveiro”, como promete no anúncio.

Para provar as alegações comerciais feitas pelo fabricante, submetemos o aparelho ao mesmo ensaio laboratorial que aplicamos a todos os termoventiladores que testamos regularmente.

Numa câmara climática, simulámos o aquecimento numa sala com cerca de 15 metros quadrados. A temperatura está a 15 graus e medimos quanto tempo demora até atingir 25 graus. O melhor termoventilador do nosso teste, o ROWENTA SO 6510F2, demora quase 11 minutos. Já o Insta Heater demora mais de 5 horas a aquecer a sala. São 8 cêntimos contra 65 cêntimos gastos de uma só vez.



A poupança na fatura da luz é uma miragem. Imagine o cenário: usar o aquecedor de novembro a março, 2 vezes por dia. Pode custar menos de 25 euros, no caso do modelo Rowenta, ou mais de 196 euros com o Insta Heater. Pela diferença, dá para comprar 3 bons termoventiladores e ainda sobra dinheiro.

O Insta Heater anuncia ainda que pode ser usado para aquecer a casa de banho. Mas o produto não tem a marcação IP21, que indica que o aparelho está apto a funcionar nessa divisão, na placa de características. Em laboratório, comprovámos que algumas amostras falham o teste de IP21.

Não recomendamos a compra do Insta Heater: não cumpre o que anuncia sobre rapidez de aquecimento ou poupança energética e apresenta irregularidades ao nível da segurança elétrica. Falhou nos testes de resistência ao calor e ao fogo e, por isso, alertámos para este termoventilador perigoso à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE). Com o teste completo em laboratório, a publicidade enganosa é evidente e já pedimos à Direção-Geral do Consumidor que atue e multe a empresa.

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

Num Mundo complexo e com informação por vezes contraditória, a DECO PROTESTE é o sítio certo para refletir e agir.

  • A nossa missão exige independência face aos poderes políticos e económicos. 
  • Testamos e analisamos uma grande variedade de produtos para garantir que a escolha dos consumidores se baseia em informação rigorosa. 
  • Tornamos o dia-a-dia dos consumidores mais fácil e seguro. Desde uma simples viagem de elevador ou um desconto que usamos todos os dias até decisões tão importantes como a compra de casa.
  • Lutamos por práticas de mercado mais justas. Muitas vezes, o País muda com o trabalho que fazemos junto das autoridades e das empresas. 
  • Queremos consumidores mais informados, participativos e exigentes, através da informação que publicamos ou de um contacto personalizado com o nosso serviço de apoio.

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Faça parte desta comunidade.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós