Notícias

Internet das Coisas: qual a melhor ligação?

Para ligar equipamentos inteligentes em casa, a Zigbee é uma melhor solução do que o wi-fi. Saiba porquê.

14 novembro 2022
smartphone ligado por wireless a diversos aparelhos no interior de uma casa

iStock

Os equipamentos conectados são cada vez mais comuns em casa. Através do smartphone, pode saber quando o programa da máquina de lavar termina ou se a bateria do carro elétrico já está carregada, por exemplo. É a chamada Internet das Coisas ou IoT, de Internet of Things.

Mas, para que tudo funcione sem problemas, é obrigatória a existência de uma ligação entre os equipamentos e convém optar pela mais adequada. No que toca a ligações, as opções são múltiplas: satélite, wi-fi, bluetooth, RFID, NFC e ethernet, entre outras. Mas, para ligar aparelhos de IoT entre si, há melhores opções, como a Zigbee.

Tudo depende do alcance, da largura de banda e do consumo

Para escolher o tipo de ligação entre aparelhos, é preciso encontrar um equilíbrio entre alcance, largura de banda e consumo de energia. Embora a ligação perfeita – rápida, de longo alcance e com baixo consumo – não exista, cada situação exige uma ligação diferente, dependendo de necessidades específicas.

  • Alcance, largura de banda e consumo de energia elevados: ligação de dados móveis. Os telemóveis de última geração são um bom exemplo, pois precisam de uma elevada largura de banda, para poderem reproduzir vídeos em alta definição, por exemplo, mas implicam carregamentos quase diários da bateria. A tecnologia atual recorre a antenas espalhadas pelo território e, na impossibilidade de haver esta infraestrutura, recorre-se, por exemplo, ao satélite.
  • Alcance curto, largura de banda elevada e baixo consumo de energia: pode ser por fios (ethernet) ou sem fios (wi-fi e bluetooth). Os exemplos mais conhecidos são os computadores e os tablets. Em casa ou no escritório, estes aparelhos recorrem a uma destas tecnologias para se ligarem à internet. A ethernet, por recorrer a um cabo, limita a localização física do equipamento, mas confere maior segurança e privacidade e garante uma ligação rápida e estável (até 100 megabits por segundo). O wi-fi e o bluetooth são alternativas sem fios, com menor consumo de energia do que a ligação de dados móveis ou satélite, e com largura de banda igual ou superior. Em contrapartida, não permitem o alcance das ligações anteriores.
  • Alcance curto e baixa largura de banda e consumo de energia: LoRa, Sigfox, Zigbee (IEEE 802.15.4). Sensores e aparelhos conectados são os principais exemplos. Muitos equipamentos da Internet das Coisas, devido ao seu reduzido tamanho e necessidade de posicionamento, não podem estar ligados à corrente nem ter baterias com grande capacidade. Por isso, incluem uma ligação que não consome muita energia. Ao mesmo tempo, não precisam de uma grande largura de banda porque a quantidade de informação a transmitir é reduzida.

Prefira aparelhos com Zigbee para a casa

Quando se escolhem os equipamentos para ligar em casa, há possibilidade de comprar com vários tipos de ligações: wi-fi, bluetooth, Zigbee ou outra. Contudo, a Zigbee está a tornar-se muito popular no mundo dos aparelhos conectados, por ocupar pouca largura de banda, requerer pouca energia e funcionar muito bem sem fios, por proximidade. É usada em interruptores (iluminação, estores e cortinas, entre outros), monitores de energia doméstica, sistemas de gestão de tráfego e outros equipamentos industriais e de consumo que exigem transferência de dados sem fio de curto alcance. Como o consumo é muito baixo, o alcance também não pode ser excecional (entre 10 a 100 metros), mas é o suficiente para a maioria das aplicações domésticas. Marcas como Philips, Samsung ou LG já recorrem a esta tecnologia em vários dos seus produtos.

Outra vantagem da Zigbee é não “poluir” o espetro dos canais wi-fi, um problema cada vez mais frequente em zonas densamente povoadas, onde, num prédio, cada fração tem múltiplos equipamentos ligados por wi-fi, o que afeta de forma negativa o desempenho. Por outro lado, com o Zigbee, a ligação é feita ponto a ponto, através da malha de dispositivos que estiverem ao alcance, enquanto, com o wi-fi, a conexão ocorre entre um terminal e um router. Quando comparado com o wi-fi, é o Zigbee revela-se mais simples, além de mais barato. Por esta razão, se está a pensar equipar a sua casa com aparelhos conectados, procure usar em todos a mesma tecnologia, e a Zigbee apresenta-se como uma boa solução.

A sua net está lenta?

A DECO PROTESTE disponibiliza uma ferramenta de teste que permite avaliar a velocidade da ligação à internet. Depois de três medições, confirma-se uma velocidade de download bastante inferior à contratada? A DECO PROTESTE ajuda a reclamar junto do operador e da Anacom (Autoridade Nacional de Comunicações).

TESTE A VELOCIDADE DA REDE FIXA

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.