Notícias

iPhone 14 e 14 Pro: saiba tudo sobre os novos telemóveis da Apple

Os novos iPhone 14 e 14 Pro trouxeram novidades para todos os adeptos de tecnologia. Mas será que a nova gama de telemóveis da Apple é muito superior à anterior? Veja as principais funcionalidades e os resultados do teste.

09 novembro 2022
iphone 14, iphone 14 plus, iphone 14 pro, iphone pro max

Direitos reservados

A Apple trouxe ao mundo o tão aguardado iPhone 14, em setembro deste ano, e a DECO PROTESTE traz os resultados dos testes em laboratório que apuram se os novos modelos de telemóveis são, de facto, muito superiores aos seus precedentes. A nova geração está disponível sob a forma de dois modelos standard — iPhone 14 e iPhone 14 Plus — e de dois modelos Pro — iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max

Espelhando o que acontece com os seus antecessores, o iPhone 14 e o iPhone 14 Plus, bem como o iPhone 14 Pro e o iPhone 14 Pro Max, são muito semelhantes entre si. O tamanho e a capacidade da bateria são os principais pontos de divergência.

Brilho máximo dos modelos Pro garante maior legibilidade

O iPhone 14 e o iPhone 14 Pro apresentam um ecrã com 6.1 polegadas. Já os modelos maiores — iPhone 14 Plus e iPhone 14 Pro Max — têm 6.7 polegadas. A estrutura de alumínio do iPhone 14 e do iPhone 14 Plus confere até cerca de 40 gramas a menos do que a estrutura de aço inoxidável, mais resistente, do iPhone 14 Pro e do iPhone 14 Pro Max. 

Todos os ecrãs contam com tecnologia OLED com níveis de contraste e de brilho elevados. Os modelos Pro do iPhone 14 permitem agora maior legibilidade sob incidência de luz solar direta por disponibilizarem brilho máximo superior. 

Música, chamadas e temporizador ao redor da câmara frontal

A versão do iPhone 14 Pro também suporta a tecnologia ProMotion, com taxa de atualização até 120 Hz, que também se encontra presente no iPhone 13 Pro e 13 Pro Max. Esta funcionalidade permite que os utilizadores notem um scroll do ecrã e um movimento do conteúdo mais fluido. 

Com a nova ilha dinâmica do aparelho, o notch da câmara frontal, com a tecnologia TrueDepth, foi redesenhado e aperfeiçoado para os modelos Pro. Esta área escura ao redor da câmara frontal tem agora a função de exibir informações sobre as músicas que estão a ser reproduzidas, as chamadas recebidas, o temporizador, entre outras.

Outra novidade reservada para os modelos Pro é o facto de o ecrã poder estar sempre ligado, ou seja, o ecrã pode estar ativo mesmo quando não está a ser utilizado. Neste caso, o brilho do ecrã é reduzido e a informação disponível no ecrã de bloqueio (como os widgets) fica visível. Para aumentar a vida útil da bateria, o ecrã desliga quando está coberto, por exemplo, quando o dispositivo está no bolso.

iOS 16 supreende com ecrãs de bloqueio personalizáveis

O iPhone 14 utiliza o mesmo chip A15 presente no iPhone 13, mas com 6 GB de RAM em vez dos 4 GB do seu antecessor. Já o iPhone 14 Pro está equipado com o novo chip A16, mas também com 6 GB de RAM

O lançamento conta ainda com a atualização do sistema operativo da Apple para o iOS 16. As principais funcionalidades inovam na forma como o ecrã de bloqueio é personalizável e nas melhorias nas aplicações das mensagens, dos e-mails e dos mapas. 

Com a nova atualização, as várias opções de apresentação do ecrã de bloqueio podem ser definidas e vinculadas a determinadas definições de foco, bem como personalizadas com imagens ou informações, como data, hora, meteorologia, lembretes, entre outras. As mensagens enviadas recentemente podem ser editadas ou apagadas. 

Norma Wi-Fi mais recente ainda indisponível

Em termos de ligações wi-fi, os novos modelos da Apple não inovam. Disponibilizam a norma Wi-Fi 6, em vez do mais sofisticado Wi-Fi 6E. Como acontece nos modelos anteriores, os dois cartões SIM (dual SIM) podem ser utilizados em paralelo, sendo que apenas um é cartão SIM físico e o outro é um cartão eSIM

A qualidade sonora do aparelho está bem assegurada graças aos seus altifalantes estéreo, que melhoram ligeiramente face aos modelos anteriores.

Os utilizadores da Apple já estão familiarizados com a função Face ID, que permite que o dispositivo seja convenientemente desbloqueado. A nova atualização do iOS permite, ainda, que esta função possa ser utilizada na horizontal. Contudo, o equipamento continua a não disponibilizar um sensor de impressão digital. 

Modelos Pro inovam o sistema de câmaras

Em cada lançamento dos telemóveis da Apple, os olhos brilham sempre com entusiasmo para descobrir as novidades trazidas nas suas câmaras. A par do que acontece com o seu antecessor, os iPhone 14 e 14 Plus estão equipados com duas câmaras de 12 MP na parte traseira do aparelho, que são dispostas na diagonal. Já os iPhone 14 Pro e Pro Max modernizam com um novo sistema de câmaras:

  • uma câmara principal de 48 MP (wide);
  • uma câmara teleobjetiva de 12 MP;
  • uma câmara ultra grande angular de 12 MP;
  • um sensor LIDAR.

Todos os modelos possuem o “modo de ação” com recurso a um sistema de estabilização de imagem melhorado, que conjuga o estabilizador ótico e a elevada capacidade de processamento de imagem, e permite filmagens estáveis mesmo quando está a correr.

A teleobjetiva do iPhone 14 Pro e 14 Pro Max oferece ampliação até três vezes e melhora a qualidade da imagem com fatores de zoom elevados. Outra novidade presente no iPhone 14 Pro é o foco automático da câmara frontal. A qualidade geral da imagem de ambos os dispositivos demonstra resultados muito positivos.

Duração e carregamento da bateria: o que diz o teste?

A bateria continua não apresenta melhorias significativas face aos modelos anteriores. Os modelos de menor dimensão (iPhone 14 e iPhone 14 Pro) possuem autonomia e capacidade de bateria quase idênticas, com cerca de 3200 mAh. Ao utilizar o ecrã com um brilho intermédio, os aparelhos registaram cerca de 40 horas nos nossos testes que simulam uma utilização normal. Mesmo com o brilho do ecrã no máximo, a sua bateria durou cerca de 27 horas.

Já as versões de maior dimensão (iPhone 14 Plus e 14 Pro Max) possuem capacidades de bateria de 4323 mAh. Registaram até 50 horas com brilho intermédio e até 30 horas com o brilho do ecrã no máximo.

No iPhone 14 Pro e 14 Pro Max, a nova funcionalidade de exibição sempre ativa afeta apenas ligeiramente a duração da bateria pois o ecrã nem sempre seria ativado num cenário realista, visto que o ecrã é desativado quando o dispositivo está, por exemplo, no bolso ou numa mala.

Embora não seja uma decisão consensual entre utilizadores, os novos equipamentos continuam sem fornecer um carregador juntamente com a compra do iPhone. Por este motivo, o tempo de carregamento depende do carregador utilizado. Com um carregador comum de 5 W, uma carga completa (de 0% a 100%) requer cerca de três horas. Já com um carregador mais potente de 100 W, a carga fica completa em menos de duas horas.

É certo que o carregamento da bateria destes dispositivos não é o mais rápido do mercado — existem smartphones que podem ser totalmente carregados em menos de 30 minutos. Mas, dado que o carregamento rápido pode influenciar negativamente a vida útil da bateria, presume-se que a Apple sacrifique o tempo de carregamento para prolongar a vida útil da bateria.

Resistência a quedas e a água não desilude

Ambos os modelos da iPhone passaram no nosso teste de quedas, sendo que os iPhone 14 Pro e 14 Pro Max não demonstraram danos visíveis. Os iPhone 14 e 14 Plus registaram apenas pequenas amolgadelas na moldura de alumínio.

Conforme a geração do iPhone 13, os modelos do iPhone 14 contam também com certificação IP para 30 minutos em água de até seis metros de profundidade. Ambos os modelos da iPhone suportaram os testes de submersão e chuva sem qualquer problema.

Montanha-russa ativa a deteção de acidente?

Os novos modelos da Apple possuem uma nova funcionalidade que deteta um acidente de carro grave, estabelece ligação aos serviços de urgências e notifica os contactos de emergência. Mas surgiram relatos de utilizadores, nos Estados Unidos da América, que se viram surpreendidos por a funcionalidade ser ativada quando menos esperavam — a bordo de uma montanha-russa. A confusão gerada pelos aparelhos deriva dos movimentos que caracterizam algumas destas atrações e que enganam a funcionalidade do iPhone.

Esta funcionalidade pode ser gerida e desativada para não se ligar inadvertidamente nestas situações especiais, que podem reproduzir as condições de movimento típicas de um acidente de carro. Também é emitido um aviso sonoro, que permite que seja cancelada em 20 segundos. As atualizações do iOS também irão melhorar a função para evitar ao máximo que seja ativada sem razão.

Para desativar este recurso, basta aceder a Definições  > SOS emergência > Ligar após acidente grave.

Nova geração de telemóveis da Apple supera a anterior?

Os novos telemóveis da Apple superam os seus respetivos antecessores, e fazem-no, como sempre, por margens reduzidas. É idílico que no espaço de um ano surjam atualizações revolucionárias que se afastem muito dos níveis da série anterior. Particularmente, quando a geração anterior possui um nível elevado de qualidade.

Os novos modelos ocupam as primeiras posições do ranking. O iPhone 14 Pro Max substitui o antigo iPhone 13 Pro Max na liderança da classificação e obtém o título de Melhor do Teste.

Se ainda está indeciso sobre que telemóvel comprar, consulte o nosso comparador e selecione o equipamento que melhor satisfaz as suas necessidades.

VER RESULTADOS E PREÇOS DE TELEMÓVEIS

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.