Notícias

Movimento PASSAPORTUGAL quer construir os “cidadãos de amanhã”

Colaboramos com o PASSAPORTUGAL, uma iniciativa que pretende contribuir para a educação dos alunos dos 1.º e 2.º ciclos, incentivando-os a pensar temas que têm impacto na construção da sociedade do futuro.

  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
29 março 2021
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
Logo do movimento Passa Portugal

PassaPortugal

Contribuir para a construção de cidadãos informados e participativos. É esta a missão do PASSAPORTUGAL, uma iniciativa que conta com a parceria da DECO PROTESTE e que disponibiliza de forma gratuita conteúdos de cidadania a alunos dos 1.º e 2.º ciclos, fomentando o debate de temas importantes para a sociedade em contexto de sala de aula e familiar. 

Criado pela GONKSYS — empresa da área dos Sistemas e Tecnologias de Informação —, o movimento PASSAPORTUGAL assume-se como um instrumento pedagógico para a promoção de novos conhecimentos e competências em áreas como Ecologia, Saúde, Tecnologia, Segurança Pública, Trabalho e Respeito pela Diferença e Igualdade de Oportunidades.

A iniciativa pretende, assim, que os conteúdos disponibilizados na plataforma online, e que são cedidos por vários parceiros institucionais como a DECO PROTESTE, a APAV, a Sociedade Ponto Verde, a UNICEF ou a PSP, entre outros, cheguem aos professores e às famílias que terão, por sua vez, a missão de os utilizar para promover uma aprendizagem inovadora.

De acordo com Vítor Marques dos Santos, coordenador geral do PASSAPORTUGAL, “o programa pretende despertar a curiosidade nas crianças, promover a aprendizagem de forma lúdica e próxima entre a escola, as famílias e os meios locais e institucionais, de maneira a valorizar e construir a pessoa desde os primeiros anos de escolaridade, tornando o ensino e a aprendizagem num processo dinâmico e em construção, de forma holística e interdisciplinar. O que construímos com esta iniciativa foi um instrumento de apoio ao professor para que este tenha uma outra possibilidade de promover o desenvolvimento de conhecimentos e comportamentos dos alunos na área da Cidadania, nomeadamente em questões como o respeito pela diferença. Por outro lado, é também uma oportunidade de possibilitar o envolvimento de todos os agentes que fazem parte do processo de educação e formação do aluno".

Para impulsionar o desenvolvimento de novas competências e a aquisição de conhecimentos nestas áreas, o PASSAPORTUGAL criou ainda um passaporte individual e personalizável no qual os alunos podem escrever o nome, colocar a sua fotografia e colar autocolantes que vão angariando sempre que demonstrem ter adquirido conhecimentos em determinada área ou sempre que tenham uma boa atitude.

“O professor é o guardião de um conjunto de autocolantes que identificam os temas que são abordados em aula e que são colados no passaporte do aluno sempre que este registe um conhecimento adquirido ou uma atitude positiva. Esta dinâmica é a que tem tido o melhor feedback. Os miúdos são incentivados a angariar o maior número de autocolantes e sabem que para os conseguir têm de ser participativos e ter comportamentos saudáveis”, sublinha Vítor Marques dos Santos. Além dos conteúdos pensados para o debate em sala de aula, a plataforma PASSAPORTUGAL conta ainda com uma área dedicada à “Descoberta do Território” onde as crianças e as famílias podem conhecer alguns pontos de interesse turístico e cultural de âmbito nacional.

Os municípios que colaborem com a adoção do PASSAPORTUGAL poderão divulgar até cinco pontos de interesse turístico e cultural das suas regiões na plataforma. Nesses locais, o PASSAPORTUGAL irá oferecer autocolantes para serem distribuídos aos alunos que os visitem. O objetivo é levar as famílias à descoberta, promovendo a partilha e o convívio familiar, e fomentando o interesse das crianças pelo conhecimento do território e da cultura Portuguesa.

Vítor Marques dos Santos diz que a meta da GONKSYS é chegar ao maior número possível de alunos do País, contribuindo para o desenvolvimento de cidadãos interventivos e conhecedores dos seus direitos e deveres: “A intenção do PASSAPORTUGAL é a valorização destas crianças, fazendo com que, no futuro, sejam adultos saudáveis, cultos e participativos na sociedade.”

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.