Dossiês

Segurança online: como proteger os mais novos

06 outubro 2014
Segurança online

06 outubro 2014

Mais de 60% das crianças e dos adolescentes fala diariamente em salas de conversação online. A pensar na sua proteção, a União Internacional das Telecomunicações (UIT) lançou o projeto global Child Online Protection.

Início

Segundo sondagens recentes referidas pela UIT, 3 em 4 crianças estão dispostas a partilhar informação pessoal em troca de bens ou de serviços e 1 em 5 será abordada por um predador ou pedófilo. Preocupada com esta realidade, a organização apresentou o projeto Child Online Protection.

A iniciativa tem como objetivos identificar os principais riscos e vulnerabilidades que as crianças enfrentam na Internet, educar miúdos e graúdos para estas questões, criar ferramentas práticas que minimizem os riscos e facilitar as parcerias internacionais.

Uma criança de 7 anos usa a Net de forma diferente de uma com 12 anos ou de um adolescente com 16 anos. Por isso, o Child Online Protection reúne um conjunto de boas práticas e de alertas de acordo com a faixa etária dos utilizadores.