Notícias

Mantenha a casa fresca de forma natural ou com equipamentos

Ar condicionado portátil

Os aparelhos portáteis de ar condicionado são tentadores: mais baratos do que um do tipo split, dispensam uma instalação fixa em casa. Leia os nossos conselhos para ponderar a sua escolha e fazer a melhor utilização destes equipamentos.

Antes de ligar o aparelho à corrente, deve instalar o tubo de evacuação numa janela, para que o ar quente saia para o exterior. Reserve 10 a 50 cm de espaço livre à volta do aparelho e não tape as grelhas.

Estes equipamentos proporcionam ar fresco e ajudam a tornar o ambiente mais suportável. Aparentam ser práticos e são vendidos como “portáteis”: dá a ideia de que pode levá-los para várias divisões, ao contrário dos que exigem uma instalação com unidade fixa no exterior da casa, como ocorre nos modelos split.

A necessidade de colocar o tubo de evacuação na janela deita por terra o conceito de portabilidade. Verifique o tamanho do tubo, caso não tenha espaço para instalar o aparelho junto à janela. Chegam a medir cerca de 1,50 metros.

Ar condicionado portátil consome mais

Para arrefecer a casa, o aparelhos portáteis de ar condicionado não são comparáveis aos clássicos do tipo split, muito mais eficientes. Para uma utilização diária de 3 horas durante os 3 meses de verão, o portátil gasta 1000 Watts e o split inverter consome 400 Watts para a mesma capacidade, ou seja, menos de metade da eletricidade.

Alguns modelos trazem um adaptador extensível para fixar a mangueira à janela, bloqueando a sua abertura e evitando o retorno de ar quente para o interior. Nos modelos sem este acessório, é necessário manter a janela aberta para passar a mangueira para o exterior, o que afeta a eficiência do sistema e a manutenção do ambiente fresco no interior. Outro ponto que contraria a “portabilidade” é o peso, que ronda os 30 quilos. Mesmo com rodas, são difíceis de manobrar.

Estes modelos têm um depósito para recolher a água da condensação. Geralmente, exibem um aviso na hora de o esvaziar. Se o nível máximo for atingido, o aparelho deixa de funcionar. Alguns têm um tubo de drenagem para evacuação contínua da água.

Regra geral, os aparelhos de ar condicionado portátil permitem programar a hora de arranque e indicam a temperatura ambiente. Os modelos com bomba de calor somam a vantagem de aquecer. Porém, para arrefecer a casa, não são comparáveis aos aparelhos clássicos do tipo split, muito mais eficientes.

Outro ponto negativo dos portáteis é que demoram muito a baixar a temperatura e chegam a emitir mais de 60 decibéis, o que é desagradável. Só fará sentido investir nestes aparelhos se tiver uma pequena divisão e não for possível instalar um aparelho de tipo split. Se, mesmo assim, pretende um portátil, escolha um com bom desempenho a refrigerar e ventoinha direcionável.

 

O projeto recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.