Notícias

Relançamos petição Comissões Fora após bancos anunciarem mais aumentos

A DECO relança a petição contra a cobrança de comissões bancárias injustificadas, depois de alguns bancos comunicarem mais aumentos.

01 fevereiro 2018
comissões fora das contas à ordem

Um consumidor português paga em média, por mês, € 5,28 por apenas possuir uma conta à ordem. Para exigir uma atuação do Governo ou da Assembleia da República, a DECO vai manter aberta a sua petição em www.comissoesfora.pt, de modo a que os portugueses manifestem a sua indignação e exijam que a banca seja obrigada a cumprir a lei. Só com o apoio dos consumidores poderemos mudar esta realidade.

Assine a petição

Depois de 18 719 consumidores terem aderido à iniciativa e de encerrarmos a petição, vieram a público novas alterações de preçário por parte da Caixa Geral de Depósitos. A atitude deste banco junta-se a outras alterações anunciadas, para os próximos meses, por parte de mais instituições bancárias. Esta situação mostra que o setor da banca quer continuar a penalizar os seus clientes com mais custos por apenas utilizarem um produto essencial como uma conta bancária. 

No total, os portugueses pagam, por dia, 5 milhões de euros de comissões aos bancos. Uma parte desse dinheiro vai para as chamadas comissões de manutenção de conta e de processamento da prestação relativa aos créditos. Dois exemplos de custos que não estão associados a um serviço. Isso significa que os bancos não respeitam a legislação de 2015, que estabelece que uma comissão bancária só pode ser cobrada se existir um serviço efetivamente prestado. 

Perante a passividade do Banco de Portugal, é tempo de os consumidores exigirem à Assembleia da República que seja colocado um travão a estes aumentos constantes e injustificados.

 

Imprimir Enviar por e-mail