última atualização: 01/03/2021

Os seus eletrodomésticos avariam demasiado rápido?

Aparelhos elétricos e eletrónicos e eletrodomésticos que avariam ao fim de poucos anos, cuja reparação é demasiado cara ou até impossível, obrigando à compra de um substituto. Já lhe aconteceu? 

Não é uma mera impressão esta de os equipamentos durarem pouco tempo. Marcas e fabricantes disponibilizam regularmente novos modelos no mercado. A quantidade pode fazer baixar os preços, mas parece também baixar a durabilidade. Os aparelhos avariam sem possibilidade de reparação. Colar, em vez de aparafusar, as peças no interior do equipamento tornou a desmontagem uma missão quase impossível, porque a probabilidade de os danificar no processo ou quando se tenta colar tudo de novo é maior. Somos também confrontados com peças de substituição muito caras, escassas ou inexistentes (o espaço para as armazenar custa dinheiro e os comerciantes conservam apenas pequenas quantidades, e por tempo limitado). E, por vezes, a montagem é feita de maneira a não se poder separar componentes sem danificar a máquina. É o que acontece, por exemplo, com os botões da máquina de lavar: em muitos casos, se estiverem partidos, obrigam à substituição total do painel frontal.

Em novembro de 2020, o Parlamento Europeu aprovou uma resolução para conceder ao consumidor o direito à reparação, revenda e reutilização. O objetivo é combater as práticas que reduzem o tempo de vida útil dos equipamentos, prolongando a garantia, concedendo garantias a peças de substituição, melhorando o acesso à informação de reparação e manutenção, e criando um rótulo indicativo da durabilidade do produto. A bola está agora no campo da Comissão Europeia.

O crescimento de resíduos elétricos e eletrónicos aumenta 3 a 5% por ano no espaço europeu, sendo que apenas 35% destes resíduos são encaminhados para recolha e reciclagem. 

Denuncie os aparelhos que avariam demasiado rápido, partilhe a sua história ou peça esclarecimentos sobre os seus direitos em caso de avaria nos comentários. 

Equipa DECO PROTESTE

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Eletrodomésticos e tecnologia da comunidade Testes DECO PROTESTE

2 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
28/02/2021

Bom dia,

Temos um combinado cá em casa, com 4 anos, já levou 3 placas de refrigeração(aquela peça que tem a ventoinha que envia o ar frio para a parte superior)
Valor de reparação 80 euros, o combinado novo custa 450....Na próxima já não vou reparar!

Faça login para aceder a este conteúdo. 
01/03/2021
, Respondeu:

Bom dia Rui, 

Obrigado pelo seu comentário e participação na nossa comunidade!

A vida útil dos eletrodomésticos deveria ser mais longa, a bem dos consumidores e do ambiente. Infelizmente, nem sempre é assim. Saiba mais sobre o fenómeno da obsolescência prematura e como lesa osinteresses dos consumidores em https://www.deco.proteste.pt/familia-consumo/orcamento-familiar/noticias/a-revolta-dos-consumidores-contra-a-obsolescencia-prematura, ou denuncie aparelhos que avariam demasiado cedo ou não são raparáveis em https://www.deco.proteste.pt/obsolescencia.

Obrigado, 
Equipa DECO PROTESTE