Guia de compras

Detergentes para WC: guia de compras

04 maio 2020
Balde e esfregona e vários detergentes

Os detergentes para casa de banho estão prontos a usar e são práticos de aplicar, mas o nosso teste mostra que nem sempre é necessário um produto específico.

Um bom detergente para casa de banho deve remover a sujidade e ser eficaz contra o calcário. Estes produtos conseguem reunir as duas funções num único produto, devido a uma composição que contém substâncias ácidas, que removem o calcário, e tensioativos, que ajudam a eliminar a sujidade.

Detergentes ecológicos

Alguns produtos anunciam-se como ecológicos e amigos do ambiente. Contudo, a única menção que pode dar segurança é o Rótulo Ecológico Europeu, uma certificação que garante um baixo impacto ambiental. Mas estranhamos que, em produtos com o pH tão baixo que impede a proliferação de bactérias, sejam usados desnecessariamente agentes conservantes de elevado impacto ambiental. É o caso da Methylisothiazolinona e da Benzisothiazolinona, por exemplo, que fazem cair por terra a excelência ambiental de alguns detergentes deste tipo.

Outra alegação ecológica usada é a presença de tensioativos biodegradáveis ou de origem natural: é uma boa escolha para reduzir o impacto ambiental de um detergente, mas é preciso considerar toda a fórmula. Também nestes casos, o recurso àqueles conservantes é injustificado, dado que são tóxicos para os organismos aquáticos, não são facilmente biodegradáveis e têm uma bioacumulação moderada. Os perfumes, muito usados pelos fabricantes para garantir o “cheiro a limpeza”, são também pouco biodegradáveis e podem conter alergénios.

Detergentes higienizantes e desinfetantes

Em regra, nas nossas casas, a limpeza normal é suficiente e não há qualquer necessidade de higienizar e desinfetar tudo. Matar 99,9% das bactérias não é necessário e dura muito pouco tempo porque o ambiente onde vivemos não é assético: os ingredientes biocidas (os que matam seres vivos) têm um péssimo impacto no ambiente porque atacam todas as bactérias que encontram. 

Mas tudo pode mudar em condições excecionais, como em caso de emergência sanitária: as indicações para a limpeza da casa, nestes tempos, deve ser intensificada, sobretudo nos lugares de passagem. Contudo, quando se vive com alguém com Covid-19, são necessárias algumas precauções especiais, incluindo na casa de banho. As recomendações da Direção-Geral da Saúde são de, caso só exista uma casa de banho em casa, após a utilização, o espaço ser limpo com produtos à base de cloro (lixívia) ou uma solução diluída de lixívia (1 medida de lixívia em 49 medidas de água). Antes de aplicar, limpe a superfície com água e detergente. Seque, aplique a solução e aguarde, no mínimo, 10 minutos, antes de enxaguar e deixar secar ao ar. Assegure-se de que ventila bem o espaço. Com o tempo, esta solução pode corroer o metal. Por isso, evite passá-la em torneiras de aço inoxidável. Outra forma de desinfetar consiste em passar uma solução feita com álcool (deve referir 96%, no rótulo: o mais frequente nas farmácias e supermercados). Dilua uma proporção de sete partes de álcool para três de água. O álcool é seguro para todas as superfícies, mas pode fazer desbotar a cor nalguns plásticos.

Conselhos de utilização 

  • Utilize luvas, quando aplicar estes produtos.
  • Nunca misture estes detergentes com outras substâncias, em especial lixívia. Por ser ácida, pode originar uma reação química que liberta gases tóxicos.
  • Antes de iniciar a limpeza, retire os objetos existentes das superfícies, como copos, cestos e saboneteiras. 
  • Proteja as tomadas ou desligue o circuito elétrico do espelho da casa de banho, para evitar o risco de eletrocussão.
  • Dada a composição química forte, estes produtos podem tornar-se agressivos para metais, plásticos e cromados, se estiverem demasiado tempo em contacto com os materiais. Para evitar que se estraguem, respeite o tempo de atuação indicado no rótulo e elimine todos os vestígios de detergente, antes de terminar a limpeza. 
  • Passe ainda um pano seco ou uma esponja após enxaguar o produto, para manter as superfícies brilhantes.
  • Estes detergentes são agressivos (alguns têm pH inferior a 2). Por isso, devem ser sempre guardados com a tampa bem apertada e, caso tenham pulverizador, este deve ficar fechado.
  • Mantenha estes detergentes longe do alcance das crianças. Em caso de ingestão, ligue para o 112 ou para o Centro de Informação Antivenenos 800 250 250. É ainda importante não colocar estes produtos noutras embalagens, quer para evitar erros, quer para se conseguir comunicar ao pessoal de saúde qual a composição concreta do produto.

Como limpar sem detergentes

A prevenção é o melhor remédio para evitar o aparecimento de bolores ou manchas difíceis de retirar na casa de banho. Para ajudar, assim que terminar o duche, passe, de cima para baixo, nos azulejos e vidros (caso exista proteção no duche ou na banheira) um rodo para limpar vidros. Em alternativa, passe um pano de microfibras, que absorve gordura e água, de preferência enquanto a superfície ainda está quente, para remover melhor a gordura deixada pelo banho. Para eliminar manchas de calcário, pode recorrer a soluções caseiras, amigas do ambiente, mas não espere mais do que um modesto desempenho.

Ácido cítrico

Use puro, sobre os depósitos de calcário, e diluído (uma chávena de café num litro de água), para atacar a sujidade. Por ser um ácido bastante forte, tem um elevado poder anticalcário. Contudo, não é eficaz a eliminar restos de sabão e nem consegue prevenir a formação de calcário.

Vinagre

Pode ser usado puro, para eliminar calcário, e diluído (uma chávena de café para um litro de água), para limpar sujidade. Se atuar durante, pelo menos, cinco minutos, elimina algum calcário nas superfícies horizontais. É seguro e não é agressivo para os materiais. O principal inconveniente é o cheiro a vinagre, sobretudo para quem não aprecia o aroma.

Bicarbonato de sódio

Deve ser usado diluído (duas colheres de sopa para um litro de água). É pouco eficaz a eliminar o calcário. Limpa a sujidade, devido a um ligeiro efeito abrasivo dos grãos de pó. É seguro e inodoro. Deixa vestígios nas superfícies, pelo que é necessário passar com água, após a aplicação da mistura.

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.