Dicas

Janelas eficientes ajudam a poupar eletricidade

Início

As janelas eficientes têm impacto direto na conta de luz, proporcionam mais conforto e ajudam a valorizar a casa. Saiba como escolher o tipo de janela.

22 agosto 2017
Janelas Eficientes: uma mais-valia para o lar

Thinkstock

Em Portugal, a construção é ainda deficiente em termos de isolamento térmico, o que faz com que uma parte significativa da energia gasta nas casas com a climatização dos espaços seja perdida por janelas de má qualidade.

Além disso, Portugal está entre os países europeus com maior taxa de mortalidade nos picos do verão e do inverno, por causa das temperaturas extremas. Optar por uma janela eficiente é uma forma de poupança e uma questão de conforto e de saúde. As janelas eficientes regulam a temperatura interior e contribuem para reduzir a humidade dentro da casa, além de permitirem uma melhor renovação de ar.

Se as janelas não vedam, deixam entrar água, o vidro e o caixilho ficam demasiado frios no inverno e excessivamente quentes no verão ou o ruído da rua ouve-se dentro de casa, é melhor trocar as janelas.

A maior parte das janelas em Portugal são em vidro simples, de fraca qualidade, na sua maioria de classe energética F ou inferior. Trocar as janelas velhas por uma janela eficiente com etiqueta energética é um investimento que pode reaver no prazo útil de vida das janelas. Ao longo do tempo, gasta menos energia e poupa na etiqueta energética.

Profissionais fazem diagnóstico

Peça o conselho de um profissional especializado. Através de um diagnóstico às janelas instaladas, o profissional tem em conta a orientação solar da casa e avalia a necessidade de vidros diferenciados, entre outros pormenores técnicos. Peça também as características técnicas da janela, que vêm com a marcação CE, o que permite comparar janelas de vários materiais e tipologias. Apesar de ainda não ser obrigatório, alguns fabricantes já disponibilizam a etiqueta energética. Assim, ao pedir orçamentos, pergunte também pela etiqueta energética de cada janela.

Na altura da instalação, escolha alguém que sabe o que está a fazer. Pesquise por empresas que cumpram a marcação CE e que tenham aderido à etiqueta energética (pode ver no site do Sistema de Etiquetagem Energética de Produtos), ou procure associações e peça informações sobre os respetivos associados. 

Para obter alguns apoios, esteja atento ao projeto “Casa Eficiente”, ao abrigo do qual será possível substituir as janelas de forma mais acessível. Como a União Europeia quer edifícios mais eficientes até 2020, estão em curso programas de apoio direto aos cidadãos.