Dicas

Bebidas de verão: conheça as que têm mais calorias

Álcool e calorias são uma dupla inseparável. Agora que as temperaturas sobem, e a sede não se controla, fique a par das bebidas que podem avolumar o seu perfil.

  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Deonilde Lourenço
06 julho 2018
  • Dossiê técnico
  • Sofia Mendonça
  • Texto
  • Deonilde Lourenço
bebidas verao

iStock

O verão chegou para ficar e o apetite por bebidas frescas aumenta. Se ficar pela água com gelo, não precisa de contabilizar calorias. Mas se gosta de bebidas com um pouco de álcool, a história já é diferente. Até pode saber o teor de álcool de uma cerveja, mas sabe a quantidade de calorias? Ou de um copo de vinho branco bem fresquinho? Ou de uma sangria? Fizemos os cálculos e ordenámos as bebidas pelas calorias

Na maioria das bebidas alcoólicas, a grande fatia em calorias provém do álcool. Já nos vinhos licorosos, licores e alguns espumantes, o peso do açúcar é considerável. Um grama de álcool equivale a 7 kcal, enquanto a mesma quantidade de açúcares, a 4 kcal. Ao calcular o valor energético de uma dieta é preciso não esquecer o contributo calórico do álcool.

Uma bebida com um teor alcoólico de "10% vol." contém 10 ml de álcool puro em 100 ml de água. Como 1 grau alcoométrico (1% vol. ou 1º) corresponde a 8 g de álcool por litro, um vinho com 12% vol. contém 96 gramas de álcool por litro, ou seja, 9,6 gramas de álcool por 100 ml. Em média, um copo de vinho (cerca de 100 ml) com 12% vol. fornece cerca de 76 kcal. Este varia consoante o teor de açúcares. Nos vinhos secos e meio-secos, os teores de açúcar são mais reduzidos, ao contrário dos meio-doces e doces, nos quais os valores são mais elevados. 

Vinho, cerveja, licores, aguardentes e demais bebidas com álcool não têm de ser incompatíveis com uma alimentação saudável. Em doses moderadas (até um máximo de dois copos de vinho por dia, nos homens, e um copo, nas mulheres), a acompanhar a refeição, o álcool pode favorecer o sistema cardiovascular. Já nas crianças, jovens, grávidas e aleitantes, as bebidas alcoólicas são totalmente desaconselhadas.