Dicas

Como escolher uma máquina para cortar o cabelo

Há soluções para cuidar do penteado sem sair de casa. Saiba a que deve estar atento na escolha de uma máquina para cortar o cabelo. Alguns modelos também permitem fazer a barba e aparar pelo faciais e corporais. 

  • Dossiê técnico
  • Antonieta Duarte e Ricardo Pereira
  • Texto
  • Cécile Rodrigues e Filipa Nunes
09 abril 2020
  • Dossiê técnico
  • Antonieta Duarte e Ricardo Pereira
  • Texto
  • Cécile Rodrigues e Filipa Nunes
homem a cortar o cabelo com máquina

iStock

Máquinas há muitas e com preços que variam entre 20 e 90 euros, dependendo da marca, das funcionalidades, da quantidade de pentes e outros equipamentos. Pode ser um bom investimento, tendo em conta o preço dos barbeiros. Se costuma cortar o cabelo uma vez por mês, poupa 120 euros, em média, por ano, ao fazê-lo em casa.

Equipamento útil

Verifique o que deve ter em atenção para acertar na compra da máquina para cortar cabelo.

Máquina com bateria ou ligada à corrente

Se preferir um modelo com bateria, para uma maior liberdade de movimentos, compare as autonomias declaradas e confirme se pode usá-lo ligado à corrente, no caso de a bateria se esgotar antes de finalizar o corte. Alguns fabricantes indicam o tempo de funcionamento com cargas rápidas. Este aspeto é sobretudo relevante para cortes mais complexos e demorados. Alguns modelos oferecem tempos aceitáveis de funcionamento com pequenas cargas enquanto outros precisam de mais tempo de carga para proporcionarem o mesmo tempo de utilização. 

Cabo, peso e acessórios mais importantes para tratar do cabelo

Verifique o comprimento do cabo de alimentação. Dependendo do local onde tenciona usar a máquina, assegure-se de que o comprimento é suficiente para não condicionar os movimentos durante a utilização, sem recorrer a extensões elétricas. 

Os pesos das máquinas variam bastante. À partida, os modelos mais leves serão mais fáceis de manusear. Mas há quem prefira máquinas mais pesadas. É, antes de tudo, uma questão de gosto pessoal.  

Avalie o número e tipo de acessórios disponibilizados com cada aparelho. À partida, um maior número de equipamentos poderá encarecer a máquina. Alguns modelos similares apresentam diferenças de preço em parte devido à quantidade de pentes e acessórios. Verifique, por exemplo, se os pentes de corte permitem os comprimentos de cabelo pretendidos. Na descrição da máquina, geralmente, essa informação vem referida (entre x e y milímetros). Nas primeiras utilizações, é preferível optar por pentes mais “altos” (com menor altura de corte) e ajustar de seguida até acertar no tamanho pretendido. Algumas máquinas vêm com uma bolsa de transporte, que poderá ser prática se costuma viajar com regularidade.

Para cortar o cabelo e também depilar

Há modelos que permitem, além de aparar e cortar o cabelo, fazer e aparar a barba, pelos faciais e até pelos corporais (body grooming). Estes modelos podem trazer mais cabeças, pentes ou acessórios, adequados à zona do corpo a tratar. Se for essa a sua intenção, assegure-se de que a máquina a adquirir é capaz de operar nas várias zonas (cabeça, face, corpo) e que utiliza a configuração correta para cada zona do corpo.

Identifique as máquinas à prova de água 

Alguns modelos podem ser usados no duche, debaixo de água corrente. Essa informação deve estar indicada de forma clara na caixa, no manual e na placa de características, com um pictograma de um chuveiro, que indica que o aparelho é à prova de água. Se não for o caso, este pictrograma aparece barrado.

Algumas máquinas podem ser lavadas à torneira, após a sua utilização. Neste caso, deverão apresentar um pictograma com uma torneira. Verifique sempre no manual de instruções onde pode e deve utilizar o seu aparelho e como o deve lavar. Se aprecia cortar o cabelo (ou fazer a barba, por exemplo) no duche, deve escolher obrigatoriamente um aparelho que permita esta utilização.

chuveiro

O chuveiro indica que a máquina é à prova de água. Pode ser usada totalmente submersa em água. Logo, pode também ser lavada com água.

torneira

O pictograma da torneira indica que apenas pode limpar a máquina debaixo de água corrente. Não é totalmente à prova de água. 

 

Leia atentamente as instruções e siga as recomendações de limpeza e manutenção aconselhados pelo fabricante. Há modelos que podem ser lavados à torneira (pictograma da torneira ou do chuveiro). Os modelos que não podem entrar em contacto com a água devem ser limpos a seco, com a escova ou outro acessório de limpeza fornecido pelo fabricante. Em qualquer caso, deve respeitar-se eventuais procedimentos de manutenção e periodicidades de substituição de consumíveis (por exemplo, cabeças de corte) indicados pelo fabricante.

Nas compras online tem 14 dias para devolver 

Como qualquer equipamento, as máquinas para cortar o cabelo têm uma garantia de dois anos. E caso a compre numa loja online, dispõe de um prazo de 14 dias (ou mais, se a loja o indicar) a contar do dia em que recebeu a encomenda para a devolver.

Contudo, por se tratar de um produto de higiene pessoal, se o equipamento vier selado e a embalagem for aberta após a entrega, deixa de poder exercer esse direito, por motivos de proteção da saúde ou higiene. Se se arrepender da compra e quiser devolver a máquina, não abra a embalagem. Segundo a lei, a loja é obrigada a devolver-lhe o dinheiro no prazo também de 14 dias, sob pena de ter de desembolsar o dobro.

Os dois anos de garantia previstos para artigos comprados nas lojas tradicionais aplicam-se também aos produtos adquiridos pela internet. Guarde os comprovativos de compra para acionar a garantia se a sua máquina avariar precocemente. 

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

Num Mundo complexo e com informação por vezes contraditória, a DECO PROTESTE é o sítio certo para refletir e agir.

  • A nossa missão exige independência face aos poderes políticos e económicos. 
  • Testamos e analisamos uma grande variedade de produtos para garantir que a escolha dos consumidores se baseia em informação rigorosa. 
  • Tornamos o dia-a-dia dos consumidores mais fácil e seguro. Desde uma simples viagem de elevador ou um desconto que usamos todos os dias até decisões tão importantes como a compra de casa.
  • Lutamos por práticas de mercado mais justas. Muitas vezes, o País muda com o trabalho que fazemos junto das autoridades e das empresas. 
  • Queremos consumidores mais informados, participativos e exigentes, através da informação que publicamos ou de um contacto personalizado com o nosso serviço de apoio.

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Faça parte desta comunidade.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.