Dicas

Tábuas de engomar: dicas para escolher

04 junho 2014
Dicas para escolher a tábua de engomar mais adequada às suas necessidades.

04 junho 2014

Se passa a ferro com alguma frequência, vale a pena perder algum tempo na escolha de uma tábua de engomar. Ganha em conforto e reduz o tempo na execução desta tarefa.

Não é fácil escolher uma tábua de engomar, face à diversidade de modelos e preços (entre 12 e mais de 350 euros). Por isso, conheça os principais pontos a ter em conta:

  • estabilidade mantém a tábua firme e segura, essencial para passar a ferro sem interrupções;
  • altura regulável minimiza o impacto físico e permite maior versatilidade. Pode passar a ferro de pé ou sentado, de forma confortável e mais ergonómica;
  • arrumação fácil – ao fechar e arrumar – e sem ocupar muito espaço;
  • dimensão adequada à roupa que maioritariamente passa a ferro e ao espaço disponível na divisão onde é utilizada;
  • cobertura protetora acolchoada e de material resistente;
  • suporte para ferro compatível com o aparelho que utiliza. Caso use um ferro com gerador de vapor, o suporte deve ser capaz de o acomodar.

As chamadas tábuas de engomar “ativas” podem ser interessantes para agregados familiares mais numerosos, apesar de mais caras (cerca de 250 euros). Estes aparelhos elétricos aquecem, sopram e aspiram a roupa na zona de passagem, diminuindo os vincos e as rugas na roupa.

Passar a ferro sem afetar as costas

  • Ajuste a tábua de engomar para 5 centímetros abaixo do cotovelo. A altura da tábua deve ser sempre ajustada à altura e características morfológicas de quem passa a ferro.
  • Adote uma postura corporal confortável, mantendo as costas retas, os ombros descontraídos e relaxados, os cotovelos baixos e os braços em ângulo reto.
  • Quando possível, alterne de posição, entre sentado e de pé. Nesta última, experimente colocar um pequeno banco ou suporte para apoiar um pé de cada vez, como se de um degrau se tratasse.
  • Idealmente, faça pausas regulares de, pelo menos, 12 minutos por hora.