Dicas

Como reconhecer uma nota falsa

Quem receber uma nota falsa não pode trocá-la por outra nem recuperar o valor em questão. Aprenda a distinguir as verdadeiras das falsas através da visão e do tacto. 

29 outubro 2018
nota 50

iStock

Para saber se uma nota é verdadeira, toque, observe e incline a nota. O papel de uma nota verdadeira é mais firme e faz mais barulho. As pontas têm pequenas linhas impressas em relevo, que facilitam o reconhecimento para pessoas com dificuldades visuais. A tinta é mais densa no principal elemento gráfico da nota, nas inscrições, nos números maiores e nas iniciais do Banco Central Europeu (BCE).

Por exemplo, se observar uma nota de 20 ou de 50 em contraluz, a janela (ou pórtico) que está na parte de cima da banda holográfica prateada fica transparente e mostra uma imagem da deusa Europa. Ao inclinar, a banda revela duas áreas brilhantes e a imagem da deusa aparece no outro lado da nota, de forma mais esbatida e acompanhada do elemento gráfico principal com o valor da nota. A banda holográfica com retrato muda de cor nas notas de 50, 100, 200 e 500 euros.

Mais abaixo, em todas as notas, vê-se o número que corresponde ao valor, que passa de verde-esmeralda para verde-escuro, consoante a inclinação. 

Como reconhecer a nova nota de 50 euros 

Procure o filete de segurança negro de alto a baixo, a meio da nota. Incline-a para ver o número 50 a passar de verde-esmeralda a verde-escuro. A banda prateada deve mostrar a deusa Europa. 
Ao colocar uma nota numa superfície escura, as áreas claras ficam mais escuras e o holograma fica imediatamente visível.
 
O filete de segurança inclui uma linha escura que atravessa a nota de alto a baixo, quase a meio. Essa linha contém pequenos símbolos do euro e o valor.

Há outros elementos de segurança, mas só são visíveis com lâmpadas especiais ou infravermelhos.

Em caso de dúvida, compare a nota inspecionada com uma nota que saiba ser verdadeira e verifique se há diferenças. Se mesmo assim, não ficar descansado, apresente a nota suspeita numa das tesourarias do Banco de Portugal ou num balcão de outro banco onde lhe serão prestados todos os esclarecimentos.

A nota é falsa: o que fazer

Se receber uma nota falsa, tente recordar a fisionomia e nome da pessoa que lha entregou e as circunstâncias em que isso aconteceu. Foi uma loja ou numa banca do mercado, por exemplo? Com esses dados na memória, contacte a PSP ou a GNR, o Banco de Portugal ou outro banco e relate o que lhe aconteceu. Contudo, tenha em mente que não será ressarcido do valor nem receberá outra nota em troca.

Não repasse a nota a ninguém. Se o fizer com intenção, está a praticar um crime segundo o artigo 265.º e seguintes do Código Penal, que pode dar uma pena de prisão até três anos.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.