última atualização: 23/11/2018

AQS apartamento T3

Tenho um apartamento T3 para remodelar onde irão habitar 2 pessoas. O edifício tem rede de gás natural, mas considero a opção de não ter gás na casa, optando pos sistemas eléctricos. Excluindo a hipótese de um termoacumulador, e pelas pesquisas que tenho feito, as soluções poderiam ser:

- Esquentador a gás natural

- Esquentador eléctrico

- Caldeira convencional

- Caldeira de condensação

- Bomba de calor

Qual destas seria a melhor solução para aquecimento de águas sanitárias, pensando na eficiência energética, gastos e conforto?

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista em energias renováveis.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

Comentários

User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
23/11/2018

Bom dia Diana, 

Pelo que subentendo não pretende utilizar a tecnologia uniformizada tanto para o aquecimento AQS como para aquecimento do ar. Assim, podemos desde já excluir a instalação de uma caldeira de condensação que represente um investimento elevado, mas com a funcionalidade de aquecer dois circuitos independentes: aquecer os banhos e fazer o aquecimento central (ex: radiadores). 

Das soluções apresentadas, aquelas que apresentam custos muito competitivos de utilização são a bomba de calor AQS e o esquentador a gás natural com uma pequena vantagem para a BC, que se bem gerida tarifário elétrico adequado poderá poupar significativamente no seu uso. 

Apesar de a BC ser muito eficiente o seu uso traduz-se numa maior vantagem quanto maior for a necessidade. Se a mesma for usada para pequenos banhos de 2 pessoas a mesma pode não compensar devido ao alto investimento inicial. 

O esquentador a gás natural corresponde a um investimento mais em conta e que proporciona aquecimento dos banhos instantaneamente com um custo de utilização muito competitivo.

O esquentador elétrico é sem dúvida o equipamento com um investimento mais baixo, mas com elevados consumos durante a sua utilização, não sendo a opção mais acertada para a Diana.

Com os melhores cumprimentos

Equipa Energias Renováveis

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.