Dicas

Ideias para trabalhos manuais em casa

Estar em casa pode ser divertido. Descubra como pôr em prática alguns projetos para momentos criativos em família.

  • Editor
  • Claudia Santos, Ana Rita Costa e Alda Mota
15 março 2022
  • Editor
  • Claudia Santos, Ana Rita Costa e Alda Mota
pessoa a pintar um íman para recados

Inês Lourinho

Nem sempre é fácil manter as crianças distraídas nos dias de férias. Para as afastar dos ecrãs e puxar pela criatividade, preparámos algumas sugestões de trabalhos manuais simples que podem ser feitos por miúdos e graúdos, alguns deles com materiais ou objetos que, normalmente, deitamos fora. Alguns podem, inclusive, servir-lhe de inspiração para oferecer a alguém especial uma prenda feita com as suas próprias mãos.

Para mais ideias para criar ou transformar objetos, dando-lhes o seu toque pessoal, consulte o nosso guia "50 ideias criativas".

Conhecer o guia "50 ideias criativas"

Voltar ao topo

Ideias para prendas originais

Os projetos que lhe propomos nas próximas linhas são de realização simples e podem ser executados com a ajuda dos mais novos: ímanes para recados, para que se lembre de todos os compromissos ou datas importantes, e um lenço de seda estampado.

Ímanes para recados

Please fill the source and the alt text 
Os ímanes que vão abrilhantar o seu frigorífico.

Com um pedaço de pasta para modelar (uma espécie de barro que não necessita de ir ao forno), algumas formas de plasticina, tintas acrílicas e ímanes, pode realizar peças muito simples que poderão dar uma nota de vivacidade ao frigorífico ou a qualquer outra superfície metálica.

Material necessário

Para executar este projeto vai precisar de pasta para modelar (verificar na embalagem se traz a menção “não necessita de ir ao forno” ou semelhante), formas, pincéis (se possível, um mais fino, para os pormenores, e dois mais largos), tintas acrílicas, verniz-cola, ímanes, rolo da massa, tábua (facultativo) e espátula (facultativo). O tempo médio de execução é de cerca de uma hora mais a secagem da pasta (de um dia para o outro).

Como fazer

  1. Corte uma porção de pasta e faça uma bola. Em seguida, estique-a com o rolo da massa, até obter uma altura que seja suficiente para depois introduzir os ímanes. Crave a forma na pasta.
  2. Corte e retire o conjunto (o motivo e a forma).
  3. Ainda com a forma em torno da pasta, coloque o íman e alise a parte da frente do motivo. Para facilitar a tarefa, pode molhar a ponta dos dedos em água. Retire cuidadosamente a forma.
  4. Com um pedacinho de pasta, faça um rolinho e coloque-o em torno do íman, para que o conjunto se torne mais sólido. Alise com os dedos húmidos e calque, se necessário, com a espátula. Mas, atenção, pois a espessura deste rolinho não pode ultrapassar os bordos do íman. Caso contrário, este último perderá a sua função, pois não poderá entrar em contacto com a superfície metálica.
  5. Sempre com os dedos húmidos, alise os contornos da peça e deixe-a secar de um dia para o outro, se possível, ao ar livre, mas nunca com sol direto.

No dia seguinte, se verificar que as peças apresentam imperfeições nas arestas, pode passar uma lixa fina e alisá-las com cuidado. Em seguida, pinte as figuras a seu gosto e deixe-as secar por um quarto de hora. Finalmente, passe um verniz, para proteger a pintura.

Lenço de seda estampado

Please fill the source and the alt text 
O aspeto final do lenço será único.

Propomos-lhe que crie um lenço de seda único e exclusivo, já que, através do método indicado, é impossível conseguir dois padrões iguais.

Poderá escolher entre um clássico lenço em formato quadrado e uma esvoaçante écharpe, que dará aquele toque especial à sua roupa de tons mais neutros (por exemplo, um vestido preto). Mas, apesar de lhe sugerirmos um lenço, a técnica que lhe explicamos poderá ser utilizada ao sabor da sua imaginação: t‑shirts, saias, almofadas decorativas ou xailes. Como verá, a realização desta peça é muito simples, sobretudo se tivermos em conta o efeito final.

Material necessário

Para fazer este original lenço, vai precisar do tecido ou da peça de roupa escolhida, tintas para tecido, pipetas (uma para cada cor) e secador de cabelo. O tempo de execução é de cerca de três horas.

Como fazer

  1. Comece por molhar o tecido. Depois de retirar o excesso de água, estenda a peça na sua bancada de trabalho. Convém trabalhar sobre um plástico lavável, uma vez que vai utilizar tintas.
  2. O passo seguinte é fazer pequenas torções no tecido. Quanto mais enrugada ficar a peça nesta fase, mais interessante e variada se mostrará a pintura no final.
  3. Encha uma das pipetas com o primeiro tom a aplicar e comece a espalhar a tinta pelo tecido. Repita a operação para as restantes cores.
  4. Uma vez espalhada a tinta, utilize um secador de cabelo para secar bem toda a peça, desfazendo os nós e aplicando o calor também nessas áreas. 
  5. Quando o lenço se encontrar bem seco, passe-o de novo por água corrente, sem torcer, de modo a fazer sair o excesso de tinta. Poderá, em seguida, secá-lo com o secador de cabelo ou deixá-lo ao ar.
  6. Esta peça pode ser lavada na máquina, a 30ºC. Por precaução, não junte com roupa branca ou clara.
Voltar ao topo

Projetos especiais para a Páscoa

Sabia que os ovos são, para muitas culturas, um símbolo de fertilidade e de nascimento, de uma vida que começa? Esta representação pode ser facilmente associada à ressurreição de Cristo. Daí que a Igreja Cristã a tenha adotado como símbolo da Páscoa. Para seguir a tradição e acolher com alegria a Páscoa, sugerimos projetos alusivos: ovos decorativos e um centro de mesa feito com cascas de ovos.

Ovos decorativos

Na Páscoa, há quem ofereça ovos como forma de celebrar a vida.

Material necessário

Vai precisar de papel pardo ou reciclado (pode ser colorido ou não), tintas acrílicas de várias cores, uma tampa ou recipiente achatado, pasta para modelar, canetas de feltro e duas espátulas (uma para cortar e outra para achatar).

Como fazer

  1. Se os ovos não vierem furados de origem, faça um furo longitudinal com uma verruma ou uma broca fina, que atravesse a peça de lado a lado. Depois, pinte-os com as tintas acrílicas de base: uma por cada ovo.
  2. Em seguida, faça um nó numa das extremidades do fio de nylon e enfie as missangas, até que sejam suficientes para ir de um furo ao outro. Dê outro nó para que as missangas não escapem. passe, então, o fio pelo furo e continue a enfiar missangas (dentro do furo, não deve haver missangas, apenas no exterior).
  3. Faça as voltas que forem necessárias para cobrir o ovo, como se este fosse o turbante de um marajá. Depois, dê um nó nas pontas do fio de nylon e corte.
  4. Avance para o ovo seguinte e proceda da mesma forma. Neste ovo, use missangas de cores e formatos diferentes.
  5. Por fim, coloque todos os ovos no cesto de palhinhas e deslumbre a família com as suas decorações de Páscoa.

Centro de mesa

 
O centro de mesa é feito com cascas de ovos.

As velas são símbolos universais, independentes das crenças religiosas. Portanto, na Páscoa, celebre aquilo que celebrar, as velas serão, com certeza, um elemento a ter em conta. Sugerimos-lhe, por isso, um centro de mesa realizado com cascas de ovos e lamparinas.

Material necessário

Vai precisar de um recipiente ou taça, um pano liso, uma esponja para arranjos florais ou esferovite, cascas de ovos (pedaços pequenos e diversas metades), pistola para aplicação de cola a quente mais uma barra de cola para tecido, lamparinas, um pedaço de cordel ou arame e elementos decorativos (flores secas, por exemplo). O tempo médio de execução é de uma hora.

Como fazer

  1. Comece por envolver a esponja com o tecido. Ate a extremidade com o cordel e corte o excesso de tecido. Coloque o centro dentro do recipiente e cubra-o com pedaços de casca de ovo. Para o efeito, socorra-se da pistola para aplicação de cola a quente.
  2. Estando o centro forrado de casca de ovo, comece a colar as metades. A cola a quente confere uma grande resistência. Como tal, poderá colar as cascas em locais quase impossíveis (por exemplo, lateralmente, em suspensão).
  3. No nosso exemplo, colámos cascas a toda a volta do centro. No final, terá um centro de mesa alternativo, bem elegante e colorido.
Voltar ao topo

Projetos especiais para o Natal

Para abrilhantar esta época festiva, todos os pormenores contam. Por isso mesmo, sugerimos-lhe dois projetos que não exigem um grande investimento em materiais e que vão dar um toque especial ao seu Natal.

Papel de embrulho

 
O papel pardo ou reciclado pode transformar-se num embrulho original.

Todos os anos, correm, soltos, metros e metros, senão quilómetros, de papel de embrulho e fitas que serão destruídos quando as prendas forem abertas. Porque não, então, fazer o seu próprio papel de embrulho, recusando o desperdício de dinheiro em algo que, na verdade, acaba por ter uma duração muito limitada? Folhas de papel pardo ou papel reciclado, devidamente pintadas, serão muito mais originais e, com toda a certeza, mais baratas.

Material necessário

Vai precisar de papel pardo ou reciclado (pode ser colorido ou não), tintas acrílicas de várias cores, uma tampa ou recipiente achatado, pasta para modelar, canetas de feltro e duas espátulas (uma para cortar e outra para achatar).

Como fazer

  1. Faça uma pequena bola com a pasta para modelar, achate, marque o desenho de uma árvore de Natal e recorte com a espátula.
  2. Depois, amasse outra bola de pasta e achate, de modo a formar uma base redonda. Cole, então, a pequena árvore de Natal no centro da base. Para uma melhor aderência, molhe ambas as superfícies a colar. Entretanto, com a espátula e muita paciência, calque e alise. Aperfeiçoe os acabamentos e nivele a superfície da árvore. Lembre-se de que esta superfície, que depois irá receber a tinta e imprimi-la no papel, tem de ficar perfeitamente lisa e nivelada. Repita todos os passos anteriores, desta vez desenhando uma estrela e depois uma bola.
  3. Deixe as peças secar de um dia para o outro e prepare as tintas. Para facilitar a aplicação, coloque um pouco de tinta num pedaço de azulejo, numa tampa larga ou num recipiente achatado.
  4. Depois, molhe os vários carimbos na respetiva cor e vá, com todo o cuidado, distribuindo os desenhos pelo papel. Convém que a tinta se encontre fluida, mas sem escorrer. Por isso, se a tinta parecer viscosa, junte um pouco de água, para diluir. Faça experiências num cantinho do papel.
  5. Quando a tinta estiver seca, faça os pormenores com as canetas de feltro.
  6. Depois, é só embrulhar as suas prendas de Natal.

Meias antiderrapantes

 
Munido de um par de meias, e com a ajuda de tinta
em relevo, dê asas à imaginação.

As casas modernas perderam o charme da chaminé e da família em torno da lareira a crepitar faúlhas. Isso não significa, no entanto, que os miúdos tenham de dececionar o Pai Natal, negando-lhe o justo recipiente para as prendas que ele entenda deixar-lhes. Como tal, aqui fica uma ideia simples para dar as boas-vindas ao senhor da Lapónia: meias antiderrapantes.

Material necessário

Vai precisar de meias e de tintas em relevo de várias cores.

Como fazer

  1. Com as bisnagas de tinta em relevo, desenhe motivos natalícios na parte de baixo da meia, por exemplo, estrelas, para fazer o antiderrapante.
  2. No outro pé de meia, pode fazer um motivo igual ou variar.
  3. Depois, na zona da meia que fica em contacto com a perna, desenhe mais motivos natalícios. Uma árvore de Natal fica sempre bem. Se o par de meias for mesmo para usar e não apenas para colocar na chaminé ou na árvore de Natal a decorar, tenha o cuidado de fazer os desenhos na parte exterior da meia.
  4. Finalize as suas decorações, deixe secar e pendure na chaminé ou na árvore de Natal.
Voltar ao topo

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.