Notícias

Como eliminar maus cheiros do frigorífico

26 janeiro 2021
pessoa confrontada com mau cheiro do frigorífico quando abre a porta

Acabe com os cheiros desagradáveis do frigorífico com alguns conselhos simples. Os filtros de carbono são mais eficazes do que as clássicas metades de limão. Não dispensam as operações de limpeza e descongelação, duas vezes por ano.   

É tão desagradável abrir o frigorífico e ser confrontado com uns odores estranhos. Se o aparelho esteve muito tempo fechado, sem utilização, é normal sentir esse cheiro. Por isso, aconselhamos a esvaziar o frigorífico e deixar a porta entreaberta antes de uma ausência prolongada. 

Inspeção ao interior do frigorífico

Perante cheiros desagradáveis, veja se o frigorífico ou a borracha da porta estão sujos. Em caso afirmativo, pode limpar com um pano humedecido com detergente da loiça, secar bem e passar, eventualmente, um pouco de pó de talco.

Confirme o estado dos alimentos. Se estiverem degradados, fora do prazo de validade, mal embalados ou acondicionados erradamente, podem causar maus cheiros. Os alimentos com odor intenso (como cebola, alho e alguns queijos) devem ser hermeticamente guardados em recipientes que isolem o cheiro.

Mantenha o frigorífico arrumado e limpo. Se não tem um modelo no frost e for necessário, descongele-o por completo e faça uma limpeza a fundo.

Filtros de carbono e metades de limão em confronto

Num teste anterior, comparámos a eficácia das metades de limão, uma prática caseira muito comum para acabar com os maus cheiros do frigorífico, com a utilização de filtros de carbono específicos para o efeito, à venda, por exemplo, em lojas de eletrodomésticos. Estes filtros de carbono anunciam ser anti ou aborve-cheiro ou ainda ambientadores para o frigorífico. 

No nosso teste e para reproduzir as condições reais de utilização durante os três meses, levámos ao limite o uso dos filtros, com a utilização de três tipos de queijo (Roquefort, Camembert e Manchego) e ainda um salmão de 500 gramas, devidamente tapados. Concluímos que, contrariamente aos filtros que têm por objetivo absorver os odores, os limões libertam apenas cheiro e não absorvem. Por isso, ao fim poucos dias, perdem eficácia e o cheiro dos alimentos sobrepõe-se ao dos limões. Os filtros de carbono obtêm melhores resultados. São mais eficazes e o seu efeito perdura durante cerca de três meses. Mas usar filtros de carbono não dispensa alguns cuidados.

  • Quando arrumar os alimentos no frigorífico, respeite as temperaturas mais adequadas a cada tipo de alimento. A zona mais fria é reservada para os mais perecíveis como carne, fiambre, cozinhados e pastelaria.
  • Inspecione regularmente o estado dos alimentos e procure consumi-los dentro do prazo. Se um alimento apodrecer no frigorífico, pode contaminar os restantes e transmitir odores e bactérias.
  • Todos os alimentos devem ser devidamente protegidos, com película aderente ou em caixas herméticas. 
  • Para evitar que alguns alimentos fiquem esquecidos e se estraguem, arrume à frente os que têm um prazo de validade mais curto e que são para consumir primeiro.
  • Limpe o frigorífico a fundo, pelo menos, duas vezes por ano e conheça mais dicas de como guardar alimentos no frio sem riscos.

Limpeza a fundo no frigorífico duas vezes por ano

Esvazie o frigorífico e limpe as paredes, as portas, as gavetas e as prateleiras com um pano humedecido com uma mistura de água com vinagre branco ou com um pouco de detergente da loiça.

No final, para acabar com os maus cheiros, repasse todas as superfícies com um pano húmido com um pouco de bicarbonato de sódio, incluindo as borrachas das portas e seque bem. 

No caso de equipamentos que não estão equipados com a função no frost (que impede a formação de gelo), poderá ser necessário proceder à sua descongelação primeiro.

Descongelar em 10 passos

Nos frigoríficos não dotados da função no frost, ao fim de algum tempo, poderá formar-se uma camada de gelo nas paredes e nas prateleiras, o que exigirá um maior esforço do motor (e, por conseguinte, um maior dispêndio de eletricidade) para manter a temperatura ideal no interior.

Abrir e fechar muitas vezes a porta do frigorífico favorece este fenómeno. Também pode acontecer por o termóstato estar regulado para uma temperatura excessivamente baixa. No compartimento de refrigeração, regule o termóstato para uma temperatura entre 5 e 7ºC; no congelador, - 18ºC é o ideal.

Procure intervir assim que surgir gelo nas paredes, É aconselhável fazer uma limpeza a fundo de seis em seis meses. 

  1. Comece por desligar o aparelho da corrente.
  2. Prepare o espaço à volta do aparelho, dispondo alguns panos abosrventes para eventuais derrames de água.
  3. Retire todos os alimentos do interior: os que estavam no congelador podem passar para o frigorífico. Pode igualmente colocá-los em caixas ou sacos térmicos.
  4. Retire gavetas e as prateleiras. Se estiverem bloqueadas por causa do gelo, não force e espere que o gelo derreta.
  5. Para acelerar o processo de descongelação, pode colocar um recipiente com água quente no interior, mas nunca raspe as paredes do frigorífico com utensílios que poderiam riscá-lo e danificá-lo.  
  6. Lave as gavetas com água e detergente da loiça ou vinagre branco, enquanto aguarda que todo o gelo derreta. 
  7. Uma vez sem gelo, limpe o interior do aparelho com água e detergente da loiça ou vinagre branco.
  8. Com um pano seco, seque bem todas as superfícies do aparelho, assim como as gavetas e as prateleiras.
  9. Volte a ligar o aparelho à corrente, mas não arrume logo os alimentos. Espere um pouco até que a temperatura baixe.
  10. Caso alguns alimentos tenham descongelado entretanto, não os volte a congelar. 

Na altura de trocar de frigorífico, pondere escolher um modelo no frost. Como acumula menos gelo, requer operações de descongelação menos frequentes. Os frigoríficos com esta função tendem a ser mais eficientes. O gelo atua como um isolante. Quando se acumula nas paredes do equipamento, tal exige um maior esforço do motor, o que faz aumentar a despesa de eletricidade. Para encontrar os modelos mais eficientes e baratos, consulte os resultados dos nossos testes a frigoríficos

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós