Notícias

Ar condicionado: bom aconselhamento com quatro questões

03 abril 2018
ar condicionado dicas antes de comprar

03 abril 2018
Antes de comprar um ar condicionado, verifique se o vendedor lhe coloca, pelo menos, 4 questões essenciais. Só assim tem a certeza de que está a comprar um sistema adequado às suas necessidades.

Ar condicionado bom aconselhamento com quatro questões

Para enfrentar o verão e o calor em sua casa, comprar um ar condicionado pode ser a escolha mais inteligente e amiga do ambiente. Mas não se precipite na compra.

Ao entrar numa loja, o mais importante não é que os expositores estejam repletos de aparelhos ou possa consultar muitos catálogos com múltiplas opções. É essencial que seja recomendado um equipamento ajustado às suas necessidades.

Para ter a certeza que está a ser bem atendido, o vendedor terá de colocar, pelo menos, 4 questões:

1. Qual é a área da sala?
Com esta informação, o vendedor terá capacidade para indicar a potência do ar condicionado que melhor se adapta ao espaço onde vai ser instalado o sistema. Sugerimos que não faça qualquer compra, caso esta questão não seja estudada previamente.

2. Qual a área das janelas e a sua orientação?
Uma área de envidraçados grande, se estiver virada a sul ou oeste, poderá representar uma carga térmica muito elevada, o que deverá indicar ao vendedor que precisa de um sistema com maior potência.

3. Que tipo de isolamento tem?
O isolamento térmico é essencial para garantir um funcionamento eficiente do ar condicionado. Um isolamento deficiente, além de obrigar a uma máquina de potência superior, irá gerar custos energéticos superiores.

4. Quantas pessoas ocupam normalmente o espaço?
As pessoas libertam calor. Se no inverno esse calor ajuda a manter o espaço confortável, no verão é uma carga adicional que tem de ser vencida pela máquina. Se tiver uma família numerosa que se junta na sala, pode precisar de uma máquina mais potente.

Só depois deste diagnóstico o vendedor, se estiver a fazer um bom trabalho, saberá recomendar-lhe um sistema.

Caso tenha alguma dúvida ou queira saber mais sobre estes sistemas energéticos, consulte o portal Energias Renováveis.
 

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.