última atualização: 15/01/2020

Furou um pneu num buraco? Saiba como pedir reembolso

A culpa não tem de morrer solteira. Se passar por um buraco não sinalizado numa estrada e furar um pneu, pode pedir um reembolso às entidades responsáveis pela manutenção das vias.

Chame as autoridades e participe a ocorrência

Comece por chamar as autoridades policiais, dando conta do que se passou. Cabe-lhes a elaboração de um documento, que é essencial: o auto de notícia. É aí que se vai descrever a situação que levou a este infortúnio. A si cabe então juntar o documento – que é pago à página – ao requerimento de participação de ocorrência, no qual deve apresentar o pedido de reembolso, ou seja, o pagamento das despesas de reparação do pneu danificado. Dirija-o às entidades competentes: a câmara municipal, a Infraestruturas de Portugal, ou uma concessionária de uma autoestrada.

Prepare-se para esperar

São várias as experiências de condutores que tratam de tudo e ficam à espera. Às vezes, anos. E pouco se pode fazer, além de ir insistindo. Porque outro problema é a falta de alternativa de entidades a quem o consumidor se pode dirigir. “Grande fluxo de trabalho” e “processo ainda para análise” são apenas algumas das pérolas do burocratês com que nos respondem nestes casos. Insista no pedido.

Peça o reembolso

Confira, passo a passo, o que deve fazer para pedir o seu reembolso em www.deco.proteste.pt/.../o-que-fazer-se-furar-um-pneu-num-buraco-na-estrada
Caso pretenda, também pode apresentar a situação na nossa plataforma Reclamar em www.deco.proteste.pt/reclamar


Já furou um pneu na estrada? Como procedeu?

Partilhe as suas experiências ou deixe-nos as suas questões!


Equipa DECO PROTESTE

User name

Junte-se a esta conversa

Comentários

Seja o primeiro a comentar