última atualização: 05/10/2018

Aquecer com radiadores ou ventiloconvetores

Estou para iniciar obras de remodelação na minha casa e pretendo instalar aquecimento central e de AQS com recurso a bomba de calor e paineis solares. Piso radiante está fora de questão.A área é de cerca de 150 m2.

O que me aconselham, radiadores ou ventiloconvetores? Qual tem maior eficiência? Disseram-me que os radiadores funcionam com temperaturas cmais altas e terão muito maior consumo. É verdade? 

Por outro lado, os ventiloconvetores também poderão arrefecer. Certo? São eficientes nesta função?

Contudo, o investimento inicial será muito diferente. Correto? Que equipamento me recomendam?

obrigado.

Helder.

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista em energias renováveis.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

Comentários

Melhor resposta
User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
21/08/2018
Melhor resposta

Olá Helder,

Sendo uma das suas preocupações o investimento económico da solução, a tecnologia que escolher deverá ter em consideração a qualidade/preço do mesmo de acordo com o seu perfil de consumo.

Assim, de acordo com as divisões que pretende climatizar e a sua frequência de utilização, a solução de bomba de calor centralizada pode ser uma boa solução para quando a sua utilização é intensiva.

Tendo já optado por uma solução de radiadores ou ventiloconvetores é importante sabermos as vantagens e desvantagens de ambas as solução.

Os ventiloconvetores funcionam por intermédio de circulação do ar. Apesar de ser uma tecnologia segura para o utilizador existem casos de utilizadores com alguma resistência a este tipo de tecnologia muito similar em termos de uso ao típico ar-condicionado mas com água ao contrário de um gás refrigerante. Os ventiloconvetores permitem aquecer e arrefecer, mesmo que tenha uma utilidade menor para esta última função. A manutenção nestes sistemas será mais frequente que um típico radiador. A tubagem de distribuição do aquecimento também deverá ser dimensionada em função do sistema utilizado; os ventiloconvetores necessitam de maior caudal em circulação, o que implica normalmente diâmetros mais elevados.

Os radiadores têm a vantagem de não possuir ventilador, o que os torna mais silenciosos e indicados para quartos de dormir.

No que respeita ao rendimento, a bomba de calor em aquecimento, tem maior eficiência se a temperatura da água quente for mais baixa. Os ventiloconvetores trabalham com água a cerca de 45ºC enquanto que os radiadores, se não forem dimensionados para baixa temperatura, necessitam de temperaturas mais elevadas, comprometendo a eficiência da bomba de calor, necessitando assim de uma BC de Alta temperatura resultando um aumento no orçamento.

Assim cabe ao Helder optar pela solução que julgue ser o mais adequado para o seu caso. Existe nesta comunidade alguma informação sobre este assunto.

Qual pensa de acordo com o descrito ser a melhor opção para o seu perfil de utilização e conforto? A função de arrefecimento é mandatório para o seu caso?

em caso de dúvidas, não hesite em questionar

Com os melhores cumprimentos

Equipa Energias Renováveis

User name
HELDER MANUEL CORDEIRO AGANTE ,Respondeu:
29/09/2018

Obrigado Bruno pela resposta.
Pois , tirando o fim de semana, normalmente chegamos a casa por volta das 18:30 h e saímos pelas 8:00 h. Existem alguns dias em que o meu filho não tem aulas de tarde (2) e chega por volta das 14:00 h e quando a minha esposa trabalha de tarde sai por volta das 13:00 h. Desta forma não sei o que instalar radiador ou ventiloconvetor. A função de arrefecimento não é a primordial, mas sim o aquecimento. Mas como os verões são cada vez mais quentes coloquei essa hipótese...
Por outro lado, já me disseram para instalar caldeira a pelet´s que será mais barato o que a bomba de calor. já estou confuso! Será que me pode ajudar a escolher a opção mais rentável e menos dispendiosa.
Lembro que a casa é para isolar com capoto (esferovite e betume) de 60 mm pelo exterior e pladur com lâ de rocha no interior de 45 mm (paredes exteriores e teto)
Já agora, quando fala em dimensionar os radiadores para baixa temperatura refere-se a algum tipo de radiadores diferente, a alguma regulação ou ao número de elementos?
Muito Obrigado.
Hélder Agante

Melhor resposta
User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador ,Respondeu:
02/10/2018
Melhor resposta

Boa tarde Helder, 

Face ao alto investimento possível na instalação de uma bomba de calor reversível, o retorno será tanto maior quanto maior for a utilização. Aconselhamos para o uso pontual, a produção de calor instantâneo a exemplo o uso de caldeira a gás natural (se fornecido) ou mesmo caldeira a pellets. Para usos diários e contínuos durante o dia e noite possivelmente a bomba de calor poderá ser uma boa opção. 

De acordo com os seus hábitos de utilização encontra-se no meio-termo de uso, mas lembre-se que se a sua casa vai estar bem isolada e eficiente termicamente as suas necessidades energéticas serão menores. Justificar-se um equipamento tão dispendioso neste caso? 

Talvez comece por obter uma ideia dos tipos de orçamento que pode encontrar. veja este Thread aqui 

A caldeira a pellets tem um custo de utilização tão ou mais competitivo em comparação à bomba de calor, dependendo do tipo de uso horário e tarifário (bi-horário ou simples). 

Quanto mais baixa for a temperatura de alimentação dos radiadores, mais reduzidas serão as despesas com o aquecimento da sua casa. Com efeito, por cada grau centígrado que seja reduzido na saída do gerador de calor, economiza -se cerca de 2.5% no valor da fatura do aquecimento. 
Em muitos casos as bombas de calor de baixa podem ser aplicadas em instalações de aquecimento equipadas com radiadores. Não é uma impossibilidade fornecer água quente aos radiadores a temperaturas a rondarem os 50/55ºC desde que tenha mais unidades instaladas (dimensionados com mais elementos) na divisão para conseguir uma temperatura agradável. Alerto também que nestes casos uma bomba de calor de baixa temperatura a trabalhar no limite (55ºC) pode prejudicar a sua eficiência sendo aconselhável na generalidade o uso de água a temperaturas altas a rondar os 80ºC

Assim, de acordo com o seu caso poderemos estar perante 2 opções possivelmente mais favoráveis em termos de investimento/custo de utilização/perfil de consumo:

1ºOpção: Ar-Condicionado, Aquecimento e arrefecimento a custo utilização muito competitivo a investimento médio, mas terá que optar por investir noutro equip. para produção de Águas quentes sanitárias (solar térmico a exemplo, tem possibilidade de fornecimento de gas natural?)

2ºOpção: Caldeira a Pellets, investimento médio alto, não fazendo arrefecimento.

Com os melhores cumprimentos 

Equipa Energias Renováveis

User name
HELDER MANUEL CORDEIRO AGANTE ,Respondeu:
04/10/2018

Boa noite. Obrigado pela ajuda.
Atualmente já tenho vários orçamentos para instalação de solar térmico e bomba de calor ou caldeira para aquecimento e produção de AQS quando os painéis não o fizerem. Sinceramente, parece-me já ter escolhido o instalador, mas ainda estou em dúvida entre bomba de calor ou caldeira a pelet´s. O instalador recomendou-me painéis da TISUN e uma bomba de calor para aquecimento e AQS no inverno de marca Atlantic de 11KW. Em alternativa sugeriu-me uma caldeira a pelet´s de 22 KW de marca Extraflam.
A área a aquecer será de cerca de 150 m2, distribuídos por 3 quartos, 2 WC´s, cozinha, sala, escritóro, lavandaria e corredores. Os ventiloconvetores seria uma alternativa, mas estou mesmo a pensar apenas nos radiadores, pois será um investimento consideravelmente mais baixo. A bomba é de 55 a 65 ºC e o n.º de elementos de radiadores é de 100. O orçamento para este equipamento com recurso a bomba rona os 12.500€. Se for com caldeira a pelet´s é um pouco mais barato (cerca de 1150€ a menos). Contudo, com bomba tenho sempre a casa quente quando chego a casa.
Quanto ao ar condicionado, tenho um filho com alergias e a fazer tratamento, pelo que a ventilação penso que não seria boa ideia.
Resumindo, só me resta dúvida entre a bomba e a caldeira a pelet´s., pois já me disseram que existe a possibilidade de programar a caldeira a pelet´s a quando se chega a casa já está quente. Também poderia ser a lenha, mas a lenha às vezes escasseia e também não tem a possibilidade de chegar a casa e ter a casa quente.
O que acha? Qual será a melhor opção em termos de custo de utilização, durabilidade e manutenção?
obrigado.
Hélder.

User name
HELDER MANUEL CORDEIRO AGANTE ,Respondeu:
04/10/2018

Esqueci-me de referir - não tenho gás natural onde resido.

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.