Notícias

Sika ThermoCoat-21: direito de resposta e retificação

A Sika Portugal - Produtos Construção e Indústria, S.A., vem exercer o direito de resposta e retificação sobre o nosso artigo "Argamassas para isolamento térmico da casa com metade da capacidade".

10 dezembro 2019
Argamassa Sika Thermocoat-21

Na sequência da publicação da autoria da DECO, no sítio da internet e na revista intitulada "Argamassas para isolamento térmico da casa com metade da capacidade", vem a Sika exercer o direito de resposta e retificação, ao abrigo do disposto no artigo 24.º da Lei 2799.

Na referida publicação, a DECO afirma que testou o produto "Sika ThermoCoat-21" e que obteve resultados diferentes aos anunciados pela Sika aos consumidores, e mediante a seguinte afirmação "Replicámos os ensaios que os fabricantes devem realizar".

Esta afirmação não é verdadeira, pois:
- de acordo com a informação facultada pela DECO no ponto 3.2 do documento denominado "Test Program", a secagem da amostra foi feita a uma temperatura de 60ºC +/- 5ºC.
- A norma aplicável aos ensaios de condutividade térmica é a ENA12664:2001 que, no seu ponto 7.2.2., refere que a preparação da amostra deve ser feita num "...forno ventilado a uma temperatura de 105ºC a 110ºC...".

Este inconformismo ao nível da preparação da amostra pela entidade que efetuou o teste a solicitação da DECO redundou num resultado errado, que não reflete minimamente as reais características do produto. Por seu turno, a Sika procedeu à classificação do produto aqui em causa de acordo com os testes realizados pela "Applus Laboratories", entidade independente, devidamente identificada, que cumpriu escrupulosamente as regras de preparação da amostra (ensaio n.º13/7542-3432).

A classificação da Sika está assim conforme e contrariamente aos resultados divulgados pela DECO.

A Sika informou a DECO, em momento anterior à publicação, de que o controlo efetuado não cumpriu os normativos em vigor para a classificação destes artigos e que os resultados obtidos estavam desconformes. A Sika sempre se mostrou disponível perante a DECO para comprovação das características do produto anunciadas aos potenciais consumidores.

Apesar disso, a DECO procedeu à publicação dos resultados obtidos sem proceder sequer a qualquer análise adicional, ignorando assim as informações e advertências que lhe foram feitas pela Sika em tempo útil acerca da imprecisão do controlo realizado. 

A DECO, enquanto associação de defesa do consumidor, deveria ter procurado repetir o procedimento de controlo com o devido rigor e cuidado, de forma a afastar o risco de desinformação do consumidor, o que lamentavelmente não sucedeu e se lamenta.

A Sika, de acordo com a sua cultura de valores, manterá o consumidor em primeiro lugar e, nessa medida, reserva-se no direito de recorrer à via judicial para esclarecimento das reais características dpo produto, e que correspondem às inicialmente anunciadas.

Nota da Redação: 

A título de retificação, o artigo “Argamassas para isolamento térmico da casa com metade da capacidade” a que se refere o presente direito de resposta é da autoria e inteira responsabilidade da DECO PROTESTE, Editores, Lda. O artigo em questão foi publicado na site da editora e não na revista. A DECO PROTESTE reafirma todas as conclusões deste estudo, bem como a metodologia e as normas aplicadas ao teste a argamassas de tipo T.

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.