Dicas

Pinturas para crianças: ingredientes a evitar

A maquilhagem para crianças pode conter ingredientes capazes de causar reações alérgicas e irritações em peles mais sensíveis. A melhor forma de evitar problemas é verificar a lista de ingredientes.

31 outubro 2017
31 outubro 2017
pinturas faciais

Thinkstock

A lista de ingredientes é obrigatória e não aconselhamos a compra de produtos sem lista. 

Prefira pinturas à base de água, porque são menos propensas a reações adversas e aplicam-se facilmente, com um pincel apropriado ou uma esponja molhada. Estes produtos encontram-se à venda em lojas de brinquedos ou de bijuteria e em supermercados.

Estas pinturas devem ser usadas por crianças com mais de 3 anos e, de preferência, apenas em ocasiões festivas. Em caso de reação, como vermelhidão ou borbulhas, remova de imediato a maquilhagem, lave muito bem com água e não torne a aplicar. Notifique a ocorrência ao Infarmed e, se a situação persistir, vá ao médico. Leve o produto consigo.

As palavras "hipoalergénico" ou "dermatologicamente testado" não são garantia de que o produto é seguro. São apenas alegações sem validade científica. Não se deixe enganar também pelo símbolo CE: os cosméticos não requerem esta marcação.

Mantenha a distância destes ingredientes:

  • fragrâncias alergénicas;
  • propyl e buthylparaben (parabenos usados como conservantes);
  • Ethylhexyl methoxycinnamate (conhecido como OMC, suspeito de interferir com a fertilidade);
  • precursores de formaldeído (dmdm hydantoin, imidazolidinyl e diazolidinyl urea);
  • Methyllisothiazolinone - em fevereiro, a sua utilização foi proibida em produtos que ficam na pele; mas alguns podem estar em fase de retirada do mercado, ou seja, poderá encontrar à venda cosméticos com estes ingredientes;
  • Polyaminopropyl Biguanide (PHMB) (conservante);
  • BHA;
  • triclosan;
  • Cyclotetrasiloxane;
  • Sodium Lauryl Sulfato - SLS (apenas em produtos que ficam na pele).

Caso a criança tenha pele sensível ou com tendência para alergias, opte por produtos sem perfume.

Usar sem arriscar

Respeite o prazo de validade ou o período após abertura (PAO). Para tal, escreva a data de abertura na embalagem.

Deite fora as pinturas já usadas com cheiro a ranço e se verificar que há uma separação entre camadas mais espessas e outras mais líquidas.

Mantenha limpos os acessórios em contacto com a maquilhagem, como pincéis, esponjas e espátulas, entre outros. Lave-os com água e sabão e deixe-os secar por completo antes de voltar a usar.

Siga as apresentações de uso indicadas no produto.

Não inclua verniz para as unhas na toilette, pois contém solventes. Evite também as lantejoulas e purpurinas à volta dos olhos.

Passe primeiro um creme hidratante na cara ou no corpo: vai proteger a pele e facilitar a remoção das pinturas. No final, a limpeza do produto deve ser completa, para não deixar qualquer vestígio de maquilhagem. 


Imprimir Enviar por e-mail