Notícias

Supermercados online: Continente é o mais barato

No campeonato das compras de supermercado pela internet, o Continente lidera o pódio dos mais baratos. Analisámos os preços de um cabaz de mais de duzentos produtos nos principais supermercados online durante 74 dias e o Continente foi o que mais vezes registou os preços mais baixos. Entre os mais em conta estão também o Auchan e o Pingo Doce.

11 março 2022 Exclusivo
compras de supermercado online

iStock

De acordo com uma análise comparativa aos preços dos principais supermercados online, o Continente é o que apresenta os valores mais baixos para quem opta por fazer compras através da internet. Recolhemos os preços de um cabaz com mais de duzentos produtos em supermercados online que operam em Portugal Continental e analisámos a sua evolução durante 74 dias, entre 20 de dezembro do ano passado e 3 de março último. E a conclusão é que o Continente online foi o supermercado online que mais vezes registou os preços mais baixos no período em causa.

Entre os mais baratos estão também o Auchan e o Pingo Doce. A seguir ao Continente, o Pingo Doce foi o supermercado online que mais vezes registou os preços mais baixos, mas a grande distância do líder. Enquanto que o Continente, em 74 dias, reinou 58 vezes, o Pingo Doce só teve 20 dias de glória. O Auchan apresentou os preços mais baixos de todos em quatro dias do período analisado.

Do outro lado da moeda, o El Corte Inglés e o Spar são os supermercados online onde o nosso cabaz ficou mais caro, entre 11% e 19% acima do supermercado mais barato, conforme os dias.

Há que explicar, no entanto, como chegámos a estas conclusões.

Simular para poupar nas compras online 

A 20 de dezembro do ano passado lançámos um simulador que ajuda os consumidores a encontrarem o supermercado online mais barato, com entrega ao domicílio, no concelho que indicarem.

Todos os dias, recolhemos os preços do nosso cabaz em 11 supermercados online que operam em Portugal Continental – Apolónia, Auchan, Comuniti, Continente, E.Leclerc, El Corte Inglés, Intermarché, Froiz, Minipreço, Pingo Doce e Spar – e ponderamo-los com base nas despesas das famílias portuguesas. O cabaz é composto por mercearia, fruta, legumes, carne, peixe, laticínios, bebidas, congelados, higiene pessoal e produtos de limpeza da casa, incluindo produtos das marcas de fabricante mais vendidas e das marcas próprias ou exclusivas das cadeias de supermercados. Nas contas não entram os custos de entrega e também não consideramos descontos em cartão ou em talão, nem promoções condicionadas à compra de outros produtos. Os índices de preços são sempre calculados com base nos preços recolhidos no dia anterior. À loja online mais barata, atribuímos o índice 100. As restantes vão registando índices superiores, calculados em função deste. Cada ponto acima de 100 significa que o mesmo cabaz fica 1% mais caro.

Como avaliamos o comportamento dos supermercados online ao longo do tempo? Através do gráfico com os índices de preços com os índices de preços nos últimos três meses que o nosso simulador disponibiliza desde o início de março e que os consumidores podem – e devem – consultar, de modo a acompanharem a evolução dos índices de preços por supermercado.

Contou oito supermercados no gráfico e não 11, como referimos atrás? É que, para o cálculo dos índices de preços, consideramos válidos os supermercados online que tenham, no mínimo, 70% dos produtos do nosso cabaz. Se um supermercado não oferecer um número de produtos suficiente, o índice não é apresentado. Quando não há um linha contínua no gráfico, significa que esse supermercado só em alguns dias teve produtos suficientes para o cálculo do índice.

Consulte as nossas Perguntas Frequentes para saber mais.

Supermercados online: qual o mais barato no seu concelho?

Continente online lidera com preços mais baixos

Com base nos dados da evolução dos índices, concluímos que, entre o dia em que inaugurámos o simulador, 20 de dezembro de 2021, e 3 de março deste ano – 74 dias –, o Continente online obteve o índice 100 (o mais baixo) para o nosso cabaz 58 vezes, sendo que em 50 desses dias foi o único supermercado online com o índice 100. Nos outros oito dias partilhou o pódio com o Auchan (dois dias) e com o Pingo Doce (seis dias). Nos restantes 16 dias do período analisado, nunca ultrapassou o índice 103, ou seja, ficou, no máximo, 3% acima do supermercado mais barato.

A seguir ao Continente, o Pingo Doce foi o supermercado online que mais vezes registou os preços mais baixos. Mas tem ainda de percorrer um longo caminho para alcançar o chefe do pelotão. Em 74 dias obteve o índice 100 em 20, sendo que só em 14 desses dias foi rei absoluto dos supermercados online mais baratos. Nos seis restantes, partilhou a coroa com o Continente.

O Auchan alcançou o índice 100 quatro vezes durante o período analisado, duas das quais em parceria com o Continente. Nunca ultrapassou o índice 106, ou seja, ficou, no máximo, 6% acima do supermercado mais barato.

Apenas estes três supermercados obtiveram o índice de preços mais baixo para o cabaz completo, nos 74 dias em causa.

Minipreço e Froiz online com preços intermédios, El Corte Inglés e Spar os mais caros

As lojas online do Minipreço e do Froiz estão num segundo patamar de preços, a seguir aos supermercados mais baratos. No período analisado obtiveram índices de preços entre 103 e 110 para o nosso cabaz, ou seja, ficaram entre 3% e 10% mais caros do que o supermercado online mais barato (com o índice 100).

O El Corte Inglés e o Spar integram o clube dos supermercados online mais caros, tendo registado índices de preços entre 111 e 119 para o nosso cabaz de produtos, nos quase dois meses e meio da nossa análise.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.