Cartas-tipo

Denúncia de venda de alimentos fora de prazo

11 fevereiro 2017
carta-tipo

11 fevereiro 2017
Por correio registado ou e-mail, uma reclamação por escrito serve de prova e pode ser decisiva para resolver o seu conflito. Identifique bem quem envia, o destinatário e a data e exponha claramente os factos. Guarde cópias do envio.
Nome e morada completa do remetente

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica
Rua Rodrigo da Fonseca, 73
1269-274 LISBOA

Localidade e data

Carta registada com aviso de receção

Assunto: Alimentos fora de prazo.

Exmos. Senhores,

Venho, por este meio, alertar V. Exas. para o facto de, no passado dia 26 de março, ter adquirido, no supermercado ……………, sito no n.º …… da Rua ……………………, em ……………, quatro embalagens de iogurte da marca ……………, cujo prazo de validade se encontrava já expirado.

Infelizmente, só no dia seguinte me apercebi desse facto, quando me preparava para comer um dos iogurtes: a data-limite de validade era o dia 18 de março, ou seja, 8 dias antes do dia em que os adquiri.

Como ainda tinha o talão comprovativo da compra, voltei ao supermercado, onde expus a situação ao gerente, o Sr. Fonseca. Este começou por negar a possibilidade de ter vendido iogurtes fora de prazo, mas, perante as evidências, acabou por admitir que tinham sido adquiridos no seu estabelecimento e na data referida. No entanto, recusou-se a restituir o valor dos iogurtes e nem sequer apresentou desculpas pelo sucedido.

Tratando-se de um comportamento incorreto, é meu dever dar-vos conhecimento do ocorrido, a fim de evitar que o mesmo possa suceder a outras pessoas. Assim, agradeço que intervenham, fiscalizando o referido estabelecimento. Também gostaria que me informassem sobre as vossas conclusões.

Com os melhores cumprimentos,

(Assinatura)

Anexo: Cópia do talão de compra.



Imprimir Enviar por e-mail