Cartas-tipo

Recusa de pagamento de despesas não comprovadas

14 fevereiro 2017
carta-tipo

14 fevereiro 2017
Por correio registado ou e-mail, uma reclamação por escrito serve de prova e pode ser decisiva para resolver o seu conflito. Identifique bem quem envia, o destinatário e a data e exponha claramente os factos. Guarde cópias do envio.
Nome e morada completa do remetente

Nome e morada completa do destinatário

Localidade e data

Carta registada com aviso de receção

Assunto: Viagem organizada ao México.

Exmos. Senhores,

Como sabem, no passado dia 15 de fevereiro contratei uma viagem ao México, anunciada na vossa agência, que incluía a viagem de avião até ao destino, o alojamento num hotel e várias atividades.

Por razões de ordem familiar, tive de adiar a viagem. Assim, com a antecedência exigida por lei, comuniquei-vos a desistência da reserva, dispondo-me a pagar a penalização devida.

Contudo, surpreende-me agora a vossa exigência, expressa na comunicação escrita que recebi ontem, de pagar uma quantia superior aos 15% do valor da viagem admitidos na lei como penalização, sob pretexto de que teriam já suportado outras despesas com a viagem.

Deste modo, venho exigir que me comprovem tais despesas e que estas se relacionam diretamente com a minha reserva, para o que terão de me enviar o respetivo recibo. Se tal não acontecer, ou se esse documento não me oferecer credibilidade, não pagarei nada além dos 15% do preço contratado, como está definido na lei.

Sem mais de momento, subscrevo-me, apresentando os melhores cumprimentos,


(Assinatura)