Dicas

Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

18 novembro 2019
Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

O robô de cozinha reúne a maioria das funcionalidades dos vários pequenos eletrodomésticos, como amassar, picar, emulsionar, cozinhar, entre outras. Mas se já tem a cozinha equipada, o investimento pode não compensar.

Para muitas pessoas, a principal vantagem do robô de cozinha são as receitas passo a passo, que ajudam a conseguir, de forma prática, uma refeição saborosa. Os menos experientes até podem considerá-lo um incentivo para começar a cozinhar. Alguns modelos já incluem as receitas no ecrã do robô ou em apps, dispensado o tradicional livro em papel.

Se já tem um conjunto de pequenos eletrodomésticos, como varinha mágica, picadora, liquidificadora e balança, será que precisa de mais uma máquina na cozinha? Provavelmente não, pois esses aparelhos fazem tudo o que um robô faz. Além disso, o robô de cozinha não substitui o que pode fazer no fogão, como fritar rissóis ou gratinar o bacalhau com natas. Mas se começou agora a equipar a casa, o investimento pode compensar.

Comparar robôs de cozinha

 

B.I. dos pequenos eletrodomésticos

 Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

 

O robô de cozinha reúne num só aparelho todas as funções de cada pequeno eletrodoméstico. Compensa sobretudo se não tem esses aparelhos.  

 

Analise antes de comprar um robô

 

Prós

  • Incentivo para começar a cozinhar: as receitas passo a passo estão adaptadas ao robô. Basta colocar os alimentos no copo, carregar nalguns botões e, regra geral, o sucesso é garantido.
  • Poupa tempo para tratar de outras tarefas (como dar banho aos miúdos) enquanto o robô faz a comida. As lâminas misturam os ingredientes e o risco de queimar ou entornar é reduzido. Além disso, se não usar o fogão, não terá de lavar tachos. 
  • Máquina "tudo-em-um", que dispensa os outros pequenos eletrodomésticos, pois corta, pica, liquefaz, bate, emulsiona, coze a vapor, etc.

Contras

  • Não dispensa o fogão na preparação de alguns pratos.
  • Capacidade reduzida do copo, sobretudo se cozinhar para mais de 6 pessoas.
  • Preço elevado, sobretudo se optar pelos modelos mais caros. Além disso, se já tiver outros pequenos eletrodomésticos, o investimento não compensa.

 

Cuidados para evitar acidentes com um robô de cozinha

Um robô de cozinha é um aparelho que, à partida, torna o dia-a-dia mais prático e facilita algumas tarefas na vida familiar. Apesar da utilidade e versatilidade destes equipamentos (sobretudo na quantidade de receitas que se podem fazer) é preciso seguir as recomendações de segurança do fabricante. Há vários relatos de acidentes com robôs de cozinha por todo o mundo. Em Portugal, já foi notícia o caso de uma tampa de um robô de cozinha que explodiu quando terminava uma sopa, provocando graves queimaduras na sua utilizadora. Além de poder provocar queimaduras devido às altas temperaturas a que cozinha os alimentos, um robô de cozinha também trabalha com lâminas afiadas e a alta rotação.

Superfície plana e que não aqueça

Antes de começar a utilização, coloque o seu robô de cozinha numa superfície nivelada e que suporte o calor. Evite colocá-lo na ponta da bancada, pois durante o funcionamento alguns equipamentos vão-se ”deslocando” sozinhos e podem cair.

Capacidade do copo

 Evite ultrapassar a capacidade do copo do seu robô de cozinha para que não saiam alimentos pela tampa. Apesar dos equipamentos anunciarem uma capacidade do copo, a capacidade para cozinhar alimentos quentes é inferior. Por isso, escolha um equipamento com uma capacidade do copo indicada para a sua família. Assim não terá tendência a encher o copo demasiado.

Perigo de queimadura

Todos os equipamentos cozinham acima dos 100ºC. É recomendado que, quando o robô de cozinha termina, espere uns segundos antes de retirar o copo medidor e a tampa para que saia o vapor. Evite pôr as mãos ou espreitar lá para dentro. Como o copo de metal também aquece, recomenda-se que opte por usar sempre as pegas, quer no copo, quer nos acessórios de cozinhar a vapor.

Seque bem depois de lavar

Depois de lavar o copo e antes de colocá-lo novamente no robô, seque bem os contactos (pinos). Assim, evita que o equipamento possa entrar em curto-circuito. Verifique as recomendações dos fabricantes no que respeita à lavagem dos componentes na máquina de lavar loiça.

Verifique regularmente o estado dos componentes

Esteja atento, sobretudo, ao vedante da tampa e da base do copo. O mau estado do vedante da tampa poderá fazer com que saia comida “projetada” pela parte superior do copo. O mau estado do vedante do copo permite que a comida passe para a parte elétrica do equipamento, o que pode causar um curto-circuito. Verifique também o estado do copo, dos acessórios e dos cabos.