Dicas

Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

08 maio 2017
Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

08 maio 2017

O robô de cozinha reúne a maioria das funcionalidades dos vários pequenos eletrodomésticos, como amassar, picar, emulsionar, cozinhar, entre outras. Mas se já tem a cozinha equipada, o investimento pode não compensar.

Para muitas pessoas, a principal vantagem do robô de cozinha são as receitas passo a passo, que ajudam a conseguir, de forma prática, uma refeição saborosa. Os menos experientes até podem considerá-lo um incentivo para começar a cozinhar. Alguns modelos já incluem as receitas no ecrã do robô ou em apps, dispensado o tradicional livro em papel.

Se já tem um conjunto de pequenos eletrodomésticos, como varinha mágica, picadora, liquidificadora e balança, será que precisa de mais uma máquina na cozinha? Provavelmente não, pois esses aparelhos fazem tudo o que um robô faz. Além disso, o robô de cozinha não substitui o que pode fazer no fogão, como fritar rissóis ou gratinar o bacalhau com natas.

Mas se começou agora a equipar a casa, o investimento pode compensar. Vamos a contas: numa estimativa com preços representativos de 8 eletrodomésticos (batedeira, varinha mágica, liquidificadora, picadora, panela de pressão, máquina de fazer pão, máquina de cozer a vapor e iogurteira), pode gastar até 250 euros. Por menos, compra o robô de cozinha com o selo "Mais Em Conta" do nosso teste, à venda a partir de 194 euros.

Comparar robôs de cozinha

 

B.I. dos pequenos eletrodomésticos

 Robôs de cozinha: preciso mesmo de um?

 

O robô de cozinha reúne num só aparelho todas as funções de cada pequeno eletrodoméstico. Compensa sobretudo se não tem esses aparelhos.  

 

Analise antes de comprar um robô

 

Prós

  • Incentivo para começar a cozinhar: as receitas passo a passo estão adaptadas ao robô. Basta colocar os alimentos no copo, carregar nalguns botões e, regra geral, o sucesso é garantido.
  • Poupa tempo para tratar de outras tarefas (como dar banho aos miúdos) enquanto o robô faz a comida. As lâminas misturam os ingredientes e o risco de queimar ou entornar é reduzido. Além disso, se não usar o fogão, não terá de lavar tachos. 
  • Máquina "tudo-em-um", que dispensa os outros pequenos eletrodomésticos, pois corta, pica, liquefaz, bate, emulsiona, coze a vapor, etc.

Contras

  • Não dispensa o fogão na preparação de alguns pratos.
  • Capacidade reduzida do copo, sobretudo se cozinhar para mais de 6 pessoas.
  • Preço elevado, sobretudo se optar pelos modelos mais caros. Além disso, se já tiver outros pequenos eletrodomésticos, o investimento não compensa.