última atualização: 23/04/2021

Aquecimento central para moradia reabilitada em pedra

Bom dia,

 

Estamos a reabilitar uma moradia em pedra no distrito da Guarda que está a ser reconstruída.

A área bruta é de 180m2, T2. Não vamos ter instalação de gás.

Pretendemos ter aquecimento central. Há uma área de logradouro e uns anexos e por isso temos alguma flexibilidade quanto ao espaço a ocupar pelo equipamento.  

A nossa dúvida é relativa a qual sistema escolher. Das várias opções abaixo, qual a recomendam, tendo em conta a relação mais favorável custo de aquisição vs eficiência e tipo de utilização? A bomba de calor é mais eficiente mas como a ocupação da moradia será sazonal ou intermitente, porventura não compensará o maior investimento inicial.

 

a) bomba de calor ar / água e piso radiante;

b) bomba de calor ar / água e ventiloconvectores;

c) painel solar + caldeira a condensação e piso radiante;

d) painel solar + caldeira a condensação e radiadores;

 

 

Obrigado pela atenção.

 

 

 

 

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Aquecer o ar e climatizar da comunidade Energias Renováveis

4 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
20/04/2021

Bom dia
A questão é semelhante à anterior apenas que é para construir uma moradia nova com cerca de 120 m2, para duas pessoas.
Por exigência "familiar" além dum fogão a gás ou elétrico normal, vai ter um fogão a lenha com recuperador (tenho a lenha quase de borla). Pretendo instalar piso radiante hidráulico, com ligação ao fogão a lenha, a um coletor solar, bomba de calor para aquecimento e arrefecimento e painéis fotovoltaicos para produção de energia elétrica (não sei neste momento qual o máximo que é permitido instalar).
Sei que o custo inicial vai doer um pouco mas não será a melhor solução em termos de economia de energia?
No inverno o fogão a lenha aquece o piso radiante durante o dia e principalmente à noite.
No verão a bomba de calor arrefece o chão radiante e é alimentada total ou parcialmente pelos painéis fotovoltaicos.
O painel solar térmico será para o sistema AQS e estará em rede com o fogão a lenha e a bomba de calor.
1ª Pergunta – Estarei a pensar bem? É possível conjugar estes equipamentos todos?
2 ª Pergunta: Existe vantagem em colocar chão flutuante em madeira em toda a casa, incluído cozinha e WCs, ou piso cerâmico?
Obrigado pela atenção

Faça login para aceder a este conteúdo. 
23/04/2021
, Respondeu:

Bom dia,

Relativamente à produção de energia e no âmbito da legislação atual (decreto de lei nº 162/2019) pode efetuar uma instalação até 30KW sem ser necessária uma inspeção, mas deve ter em conta que a energia produzida é para ser consumida e não para gerar excedente e injetar na rede.

Quanto ao sistema de climatização pode ser feito da forma que está a pensar, mas tem de ter algum cuidado no sistema a lenha pois é mais difícil de controlar a temperatura. Talvez o ideal fosse ter um depósito de inércia, que irá acumular a energia proveniente das diversas fontes de calor e a partir deste é feito o aquecimento do piso radiante e produção das AQS.

O piso cerâmico tem um melhor desempenho quando quer arrefecer a casa.

Cumprimentos,

Equipa das energias renováveis

Faça login para aceder a este conteúdo. 
01/04/2021

Bom dia,
Em primeiro lugar é importante que verifique qual a potência máxima admissível que pode contratar junto do comercializador de eletricidade e no caso de ser baixa, deverá verificar se o ramal existente permite esse aumento de potência ou se seria necessário efetuar outro tipo de alterações com mais custos associados.
Como informa que não irá ter gás, esta parece-me ser a melhor opção.
Visto que se trata de uma ocupação sazonal e que provavelmente também irá necessitar de climatização no Verão pode optar pela utilização dos ventiloconvectores.
A Bomba de calor irá efetuar a climatização e o aquecimento das AQS.
Solicite orçamento a uma empresa da zona e assim já pode ter uma ideia do valor do investimento e aquilo que é necessário preparar para a posterior instalação dos equipamentos.
Cumprimentos,
Equipa das energias renováveis

Faça login para aceder a este conteúdo. 
05/04/2021
, Respondeu:

Obrigado.