última atualização: 10/11/2017

Diferença entre recuperador de calor e salamandra a pellets

Boa noite!

Qual a diferença entre uma salamandra e um recuperador de calor a pellets? É o recuperador de calor mais potente e daí mais gastador? 

Pelo que percebo o recuperador de calor não precisa necessariamente de uma chaminé, já que a instalação é igual à da salamandra. Eu tenho a opção de instalar um, ou outro, por isso pergunto se é tudo uma questão de preferência.

Obrigado.

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Aquecer o ar e climatizar da comunidade Energias Renováveis

5 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
06/11/2017

Bom dia Júlio,

Depende tudo da finalidade que se pretende dar ao equipamento. Pretende aquecer muitas divisões da casa ou apenas uma sala?

Usualmente as Salamandras utilizam como combustível as pellets e os recuperadores de calor a Lenha, apesar de poder haver modificações e de os fabricantes já oferecerem soluções em que o combustível principal é a pellets. Ver aqui.

Podemos analisar 3 pontos essenciais:

Desempenho: As pellets têm um poder calorífico um pouco superior à Lenha (mesmo 10% humidade), mas existe a possibilidade de obtenção de lenha barata ou mesmo gratuita, essa poderá ser uma vantagem. é o seu caso? Apenas podemos garantir informação testada relativo às salamandras. Relativamente aos recuperadores de calor ainda não temos dados suficientes para garantir a qualidade, segurança, potência entre outras características em comparação ao apresentado pelos fabricantes.

Utilização: As salamandras podem ter possibilidade e facilidade de alimentação automática e limpeza das cinzas.

Instalação: Normalmente a substituição da lareira por um recuperador de calor ventilado é usual. Para o aquecimento de outras divisões já não é tão frequente e pouco estudado relativo à sua eficiência em contraste com a salamandra, sendo que ambos tenham que ter exaustão dos gases devido à queima.

Nota: A escolha depende também do gosto pessoal de cada pessoa. As pellets são restos de serradura, lascas de madeira e outros resíduos orgânicos, compactados em forma de granulado. Caso sejam de origem sustentável, sem recurso a abate de árvores para a sua produção, tornam- -se uma solução ecológica e amiga do ambiente. 

Recomendamos a leitura deste artigo de 2 de Novembro 2015.

Equipa CLEAR Portugal

Faça login para aceder a este conteúdo. 
09/11/2017
, Respondeu:

Obrigado, Bruno Miguel.
Eu queria saber a diferença entre ambas as opções, ambas a pellets, já que, como disse, já existem recuperadores de calor alimentados com estas, com todas as vantagens que mencionou.
Em principio, seria para aquecer uma só divisão de cerca de 50m2.

Melhor resposta
Faça login para aceder a este conteúdo. 
09/11/2017
, Respondeu:
Melhor resposta

Olá Júlio,

Sabendo que, as salamandras "estão ao ar livre" e podem ser colocadas em qualquer zona da sua divisão as mesmas podem proporcionar maior uniformidade e conforto térmico que os recuperadores que estão encastrados, apesar de terem potências, descritas pelos distribuidores, idênticas.

Para áreas iguais é normal a salamandra consumir uma quantidade de pellets inferior em comparação ao recuperador, não só por poder ser mais automatizada/preparada como por utilizar-se uma grande parte do calor produzido, no aparelho e na chaminé. A sala como é grande 50 m2, ampla e se for rectangular, por este ponto de vista a salamandra poderia ser uma opção mais razoável (dependendo da localização recuperador) até porque está mais bem estudada aos dias de hoje que o recuperador de calor ventilado (forçado).

Mas volto a frisar que a escolha também passa um pouco pelo "cunho" pessoal, estética, ruído, preço entre outras.

Faça login para aceder a este conteúdo. 
10/11/2017
, Respondeu:

Obrigado, Bruno Miguel. Parece que a salamandra é uma melhor opção. Mas, já agora, qual dos dois faz mais barulho?

Faça login para aceder a este conteúdo. 
10/11/2017
, Respondeu:

Tem que ter em atenção que qualquer aparelho que tenha ventilação pode gerar algum ruído (Ar condicionado, ventoinha, PC, etc). Passa muito pela gama do equipamento em si e tudo depende da qualidade do fabricante e da afinação dada para baixas e/ou altas rotações. É usual ouvirmos que um recuperador de calor faça bastante mais barulho, mas depende da qualidade do equipamento e manutenções feitas, não se podendo generalizar. Deste modo é me difícil dizer-lhe com garantias qual faz mais ruído. Dou um caso já discutido neste forum, veja aqui.

Penso que se o Júlio não for um utilizador muito muito exigente nesse aspecto, este não deverá ser o fator de decisão. Até porque se for um equipamento bem construído o ruído será o mínimo.

Pode sempre ver os nossos testes aqui no parâmetro "Facilidade de utilização"