última atualização: 15/06/2020

Melhor solução de aquecimento de água sanitária

Olá, estou a reformular um apartamento, no qual tenho esquentador com gás canalizado propano e estou à procura da solução mais vantajosa para substituir o equipamento existente. Somos 2 adultos e 2 crianças e normalmente os banhos dos miudos são à noite e dos adultos de manhã. O aquecimento de água será apenas para banhos e cozinha e estou na dúvida entre manter esquentador, trocar para termoacumulador ou bomba de calor. Se optar por uma solução de depósito de água qual a capacidade ideal, 100 litros? Obrigado.

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Aquecer água da comunidade Energias Renováveis

1 Comentários

Filtrar por :
Registe-se em DECO PROTESTE para participar. Entrar
15/06/2020

Boas tardes Filipe.

A regra diz que para cada membro do agregado familiar deverá considerar 40 litros de água quente sanitária (AQS) por pessoa. 4 pessoas equivale a 160 litros de armazenamento de AQS. Por isso, um sistema de armazenamento com pelo menos 150 litros será o ideal - ainda por cima porque indica que separam as principais utilizações de AQS.

Por ser um apartamento, a instalação de de um sistema solar térmico pode ser impossível - se for tecnicamente possível e conseguir obter a devida aprovação da assembleia de condomínio, um termossifão com 150 litros de capacidade com um termoacumulador ou uma pequena BC para AQS como elemento de apoio é uma solução muito interessante. Alternativas ao esquentador a gás propano canalizado (que apresenta custos por kWh muito pouco interessantes), neste caso, passam pela instalação de uma bomba de calor para AQS monocorpo - há modelos com 200 litros de capacidade e cuja pegada não é muito significativa - tenha atenção ao peso da máquina e do volume de água acumulada para ver se o local de instalação é adequado. 

A Equipa Energias Renováveis.

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.