Notícias

Comer laranjas à noite não faz mal

26 maio 2017
Comer laranjas à noite não faz mal

26 maio 2017
Não se deve comer laranjas à noite, o sumo natural é tão saudável como a fruta e tem de ser bebido 15 minutos após espremer. Serão factos comprovados? Esclarecemos todas as dúvidas.

Apesar do ditado popular "de manhã é ouro, à tarde, prata, e à noite mata", a laranja pode ser consumida em qualquer altura do dia. Pela sua riqueza em vitamina C, é importante para a boa saúde dos vasos sanguíneos. Contribui ainda para a fixação do ferro no organismo, para o crescimento e a cicatrização dos tecidos. Como quase toda a fruta, é rica em água e pobre em calorias, pelo que encaixa bem na dieta para perder peso.

Uma laranja é suficiente para cobrir as nossas necessidades diárias de vitamina C. Mas o corpo humano não é capaz de produzir sozinho essa vitamina. Por isso recomenda-se o consumo da fruta ou do seu sumo. 

Tem mais probabilidade de escolher uma laranja de qualidade se optar por peças firmes e pesadas, com casca lisa, sem manchas ou cortes. A casca enrugada indica que a laranja não é fresca, ou seja, pode ter perdido propriedades. À temperatura ambiente, esta fruta deve ser conservada durante 7 dias; no frigorífico, aguenta entre 2 a 3 semanas. 

Afeta o sono

É atribuído à laranja um efeito excitante, que pode influenciar o sono. Talvez esta seja a justificação para a crença de que não deve comer laranjas à noite. Contudo, esse efeito depende da quantidade ingerida e varia de pessoa para pessoa. O ideal será seguir uma alimentação equilibrada e variada, sem exagerar na quantidade de cada alimento.

O sumo natural só aguenta 15 minutos

A vitamina C é a mais frágil das vitaminas: é solúvel na água e sensível ao calor, ao oxigénio e à luz. Daí a ideia de que, se não beber beber imediatamente o sumo recém-espremido, a riqueza da vitamina C se perde. 

Mas diferentes estudos deixaram claro que o teor em vitamina C de um sumo de laranja recém-espremido se mantém estável durante várias horas. Em condições normais de preparação, conservação e uso, a vitamina C não se degrada passadas 24 horas da sua preparação. 

O sumo de pacote não tem vitamina C

Como nem sempre há disponibilidade para preparar um sumo natural, os industriais são uma boa alternativa, pois quase não perdem vitamina C com o passar do tempo. Além disso, o teor em vitamina C não varia consoante se trate de sumo UHT (vendido à temperatura ambiente em garrafa ou pacote) ou refrigerado (vendido na secção de produtos frescos). Apresentado como natural e mais fresco, o sumo refrigerado é mais caro. Mas tal não se justifica.

O sumo é tão saudável quanto a fruta

O sumo de fruta é uma fonte de vitaminas e minerais e tem um efeito benéfico para a saúde se for 100% natural. A totalidade dos benefícios perde-se caso se trate de um néctar ou de um sumo com aroma de fruta, bebidas que misturam água, açúcares e polpa.

Já quando comparamos o sumo natural com uma peça de fruta, esta é mais rica em vitaminas, minerais, flavonóides (compostos com efeito anti-inflamatório e antioxidante) e fibras. A quantidade de glicemia também é diferente. Na peça de fruta, o nível de açúcar no sangue aumenta progressivamente, enquanto se beber o sumo de fruta, o aumento será mais rápido. Daí a importância de as crianças não abusarem dos sumos. Consumir um copo de vez em quando, de preferência à refeição, é o ideal. Na alimentação dos mais novos, o sumo de fruta não deve substituir a água ou o leite.